Topo

Copa 2018


Imprensa internacional culpa Messi por empate da Argentina na estreia

Do UOL, em São Paulo

16/06/2018 12h45

Em circunstâncias normais, a arbitragem do polonês Szymon  Marciniak poderia ser apontada como grande responsável pelo fato de a Argentina não ter vencido a Islândia em sua estreia na Copa do Mundo da Rússia. O árbitro, afinal, deixou de dar dois pênaltis para os argentinos. Só que o time de Jorge Sampaoli teve a chance de ganhar, exatamente em um pênalti, e não converteu.

Assista aos gols de Argentina 1 x 1 Islândia

Assim, mais do que árbitro, é o astro Lionel Messi que vem sendo considerado pela imprensa internacional como o culpado pelo empate por 1 a 1. Inclusive pelos principais veículos argentinos. O Olé, por exemplo, estampou uma foto de Lionel Messi lamentando o pênalti perdido e manchetou: "Que penal!", em um jogo de palavras entre pena e pênalti.

Logo abaixo da manchete principal, o Olé destaca outra matéria, esta sim sobre uma suposta falha da arbitragem: "Não quis marcar", escreveu o diário. É que, no lance polêmico, o árbitro polonês sequer pediu auxílio do VAR para checar se Pavón havia sido tocado na área.

Reprodução
Imagem: Reprodução

O La Nacíon, também da Argentina, destacou em sua manchete que Messi perdeu um pênalti no empate por 1 a 1, enquanto que o El Clarín foi bastante crítico: "Messi teve um pênalti defendido e a equipe deixou dúvidas". De forma geral, a sensação, para os jornais argentinos, é de que a equipe de Sampaoli jogou mal.

O Marca, de Madri, fez uso do jogo de palavras para falar de "pena máxima para Messi". Em seu relato, o jornal espanhol descreveu o resultado como um fracasso e criticou o time argentino: "O fim da partida foi um Messi contra todos".

Na Itália, a Gazzetta dello Sport usou um termo da moda para dizer que a Argentina de Messi "flopou" - em inglês, "to flop" significa "fracassar". Já o L'Equipe, na França, exaltou a "muralha islandesa" para contar que a Argentina não saiu de um empate. Em todos os sites, a foto de destaque mostra Messi lamentando o pênalti perdido.

Mais Copa 2018