Brasil

Neymar deixa estádio mancando, mas tranquiliza: "Esfriou e já passou"

Li Ming/Xinhua
Neymar cai no chão após sofrer pancada na partida Brasil x Suíça pela Copa do Mundo de 2018 Imagem: Li Ming/Xinhua

Danilo Lavieri, Dassler Marques, João Henrique Marques, Pedro Ivo Almeida e Ricardo Perrone

Do UOL, em Rostov-on-Don

17/06/2018 18h57

Alvo de dez faltas cometidas pela Suíça no empate por 1 a 1 deste domingo, Neymar passou mancando pela zona mista em Rostov-on-Don. Ao longo da partida, o atacante levou algumas vezes a mão ao pé direito, recém-recuperado de uma fratura no quinto metatarso. Ao falar com a imprensa, entretanto, passou tranquilidade, atribuiu as dores a pancadas normais de jogo e garantiu que já se sentia melhor.

- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual
- O hexa vem dessa vez? O que os videntes preveem para o Brasil no Mundial?
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil

“Senti dores na perna direita, mas foi normal, pancada. Agora já esfriou e já passou”, explicou. “Eu não tenho nada para dizer sobre isso. Só tenho que jogar futebol. Os jogadores batem e os árbitros precisam ser mais atentos. Eles estão fazendo o trabalho deles e eu, o meu".

O médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, também passou uma mensagem de tranquilidade, garantindo que não há nenhum problema médico com Neymar.

“Não tem nenhum problema, existe uma questão de retorno, recuperar a confiança, mas não existe nenhum problema. A pancada foi no tornozelo, não foi no pé. Não foi no mesmo local. Não há preocupação com ele. Nada de diferente. [Ele] precisa ser encarado como qualquer outro no grupo. Na parte médica, ele está 100% liberado”, declarou.

O camisa 10 também falou sobre o lance do gol de empate da Suíça e engrossou o coro dos companheiros ao dizer que houve falta de Zuber sobre o zagueiro Miranda. Neymar tentou discutir com os árbitros, mas não teve sucesso.

“Achei falta, mas eu não posso fazer nada. Até tentei mostrar o lance para ele [árbitro], discuti. São quatro árbitros. A gente teve cursos disso aqui na seleção, mas ainda estamos nos adaptando”.

O Brasil volta a campo pela Copa do Mundo na próxima sexta-feira, quando enfrenta a Costa Rica em São Petersburgo, às 9h (de Brasília).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Brasil

Topo