Brasil

Academia vira "dor de cabeça" para seleção brasileira na Rússia

Lucas Figueiredo/CBF
Renato Augusto é auxiliado por Bruno Mazziotti durante atividade na academia em Sochi; Brasil teve problemas Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Danilo Lavieri, Dassler Marques, João Henrique Marques, Pedro Ivo Almeida e Ricardo Perrone

Do UOL, em São Paulo

18/06/2018 04h00

Apesar dos meses de preparação e cuidado com a logística de olho na Copa do Mundo, a seleção brasileira teve pequenos problemas em sua primeira semana na Rússia. Em Sochi, alguns dos aparelhos encomendados para a academia particular montada para a delegação no hotel demoraram até dois dias para serem entregues. Em Rostov-on-Don, cidade da estreia, o hotel que recebeu o time não tinha o espaço para atividades físicas. Renato Augusto, no sábado (16), e Fred, no domingo (17), tiveram que buscar uma academia na cidade para realizarem trabalhos complementares de musculação e fisioterapia com a comissão técnica.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Brasil

Topo