Japão

Alarme de incêndio assusta seleção japonesa na véspera da estreia

Ricardo Moraes/Reuters
Seleção japonesa treina em Saransk na véspera da estreia na Copa Imagem: Ricardo Moraes/Reuters

Do UOL, em São Paulo

18/06/2018 15h28

Eram 5h da madrugada quando o alarme de incêndio começou a tocar no hotel em Saransk, cidade em que está hospedada a delegação japonesa. O susto foi rápido, mas o incômodo durou quase meia hora. "Não sei exatamente o que aconteceu, mas estavam todos dormindo, eram mais de 5 da manhã e não parava de soar. Parecia interminável", disse Makoto Hasabe, capitão japonês.

Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
Pékerman não confirma James na estreia e diz que Mina perdeu ritmo de jogo
Capitão do Japão diz que familiares de atletas foram afetados por terremoto

Sem incêndio, o alarme aparentemente soou acidentalmente e provocou transtorno entre os japoneses. "Houve confusão, ninguém entendia o que estava acontecendo. Mas acho que podemos dizer que foi apenas um incidente desagradável", falou o técnico Akira Nishino.

O Japão estreia contra a Colômbia nesta terça-feira, 9h, em busca da primeira vitória em Copas do Mundo desde 2010. Depois de derrotar a Dinamarca na fase de grupos, os japoneses foram eliminados pelo Paraguai nos pênaltis nas oitavas de final. Quatro anos depois, em 2014, caíram na primeira fase com um empate e duas derrotas, uma delas para a própria Colômbia, por 4 a 1.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Japão

Topo