Copa 2018

Copa-2018 "premia" jogo pelos lados e evidencia dificuldade para fazer gols

Martin Bernetti/AFP
Suécia fez 1 a 0 na Coréia do Sul e foi a única seleção vencedora até aqui a concentrar suas ações pelo meio Imagem: Martin Bernetti/AFP

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

18/06/2018 21h28

Restando apenas as duas partidas do Grupo H para o encerramento da primeira rodada, a Copa do Mundo da Rússia já mostra algumas tendências do que pode ser a competição do ponto de vista técnico até a sua final do dia 15 de julho. A preferência e sucesso do jogo pelos lados, e não pelo meio, é uma das características que chamam atenção nos 14 jogos disputados até o momento, da mesma forma que o excesso de finalizações erradas, que contribuem para a baixa média de 2,2 gols por jogo - para efeito de comparação, a média de gols em 2014 foi de 2,6.

Até o momento foram 32 gols marcados (2,28 por jogo), 102 finalizações certas (7,2 por jogo) e 333 finalizações (23,7 por jogo), somando certas e erradas. Isso significa que são necessárias cerca de dez conclusões a gol para que aconteça cada gol da Copa do Mundo de 2018.

A comparação mais próxima, que é com os 14 primeiros jogos da Copa do Mundo de 2014, deixa a diferença clara. No torneio disputado no Brasil foram necessários em média 7,4 chutes para marcar cada um dos 44 gols deste recorte. Foram 327 chutes a gol (número até semelhante com o que está rolando quatro anos depois, com média de 23,3 por jogo) e 116 destas finalizações em direção certa (8,2 por jogo, valor bem superior do que em 2018).

Nos 14 jogos disputados na Rússia houve apenas três empates: Portugal 3 x 3 Espanha, Argentina 1 x 1 Islândia e Brasil 1 x 1 Suíça. Os 11 vencedores praticamente se dividem na maneira como atacam: em Rússia, França, Croácia, México e Inglaterra a posse de bola é concentrada principalmente do lado esquerdo do ataque, enquanto Uruguai, Irã, Dinamarca, Sérvia e Bélgica atacam mais pela direita. Apenas a seleção da Suécia concentrou suas ações ofensivas pelo meio, setor em que teve 33% de posse de bola.

O Grupo H completa a primeira rodada da Copa do Mundo nesta terça-feira: Colômbia e Japão se enfrentam às 9h, em Saransk, e Polônia e Senegal duelam às 12h, em Moscou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo