Topo

Argentina

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Dybala evita cobrar vaga de titular e diz que pode jogar junto com Messi

JUAN MABROMATA/AFP
Dybala em coletiva de imprensa da seleção argentina Imagem: JUAN MABROMATA/AFP

Do UOL, em São Paulo

19/06/2018 14h52

Um dos principais jogadores do mundo, Paulo Dybala foi um dos escolhidos para ir à coletiva de imprensa da seleção da Argentina nesta terça-feira (19). O grande tema levantado pelos jornalistas presentes foi a titularidade, mas o atacante evitou cobrar uma vaga entre os 11 principais e declarou seu apoio a Messi.

Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

"Sou otimista. Não pensei que estaria entre os titulares, mas encaro todos os treinos como se eu fosse. Eu tento fazer o máximo sempre. Se for entrar, tenho que participar da melhor maneira. Tenho a mesma chance de entrar, assim como meus companheiros", disse Dybala em entrevista coletiva.

Tanto Messi como Dybala já falaram sobre a dificuldade que ambos têm em jogar juntos, porque atuam na mesma posição. Apesar disso, o jogador da Juventus mudou de ideia e acredita em uma parceria com o atacante do Barcelona.

“Messi é o primeiro que quer reverter essa situação. Estamos aqui para apoiá-lo. Ele não tem substituto, nem aqui, nem em qualquer outra equipe do mundo. Obviamente podemos jogar juntos”, acrescentou Dybala.

A seleção da Argentina tropeçou na primeira rodada da Copa do Mundo da Rússia ao empatar com a Islândia por 1 a 1. Agora, os comandados de Sampaoli tem a chance de recuperação na quinta-feira (21), em jogo contra a Croácia, às 15 horas (de Brasília).

Mais Argentina