Copa 2018

Fifa aprova VAR na Copa, mas admite discussões sobre decisões

AFP
Telão na Arena Kazan informa que jogada está sendo analisada pelo VAR. O árbitro decidiu mudar sua decisão inicial ao rever o lance. A França cobrou pênalti e abriu placar com Griezmann Imagem: AFP

Do UOL, em São Paulo

19/06/2018 17h50

A Fifa divulgou nesta terça-feira (19) um comunicado sobre os questionamentos em torno do árbitro de vídeo (VAR) na Copa do Mundo. Em nota divulgada à imprensa, a entidade se mostrou satisfeita com o uso da tecnologia no Mundial da Rússia, mas admitiu discussão sobre as decisões da arbitragem até aqui.

Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

"Deve-se notar que a Fifa está extramente satisfeita com o nível de arbitragem até o momento e com a implementação bem sucedida do sistema do VAR, que foi positivamente aceito e apreciado dentro da comunidade do futebol. Sabemos que ainda haverá discussão e opiniões divididas sobre certas marcações e agradecemos a compreensão de que não é possível para a Fifa comentar sobre cada situação", disse a Fifa no comunicado.

No comunicado, a Fifa informou que fará uma avaliação geral sobre a tecnologia ao término da fase de grupos.

A atual edição da Copa do Mundo é a primeira a contar com o sistema de árbitro de vídeo durante as partidas. A tecnologia entrou em ação pela primeira vez competição no confronto entre França e Austrália, quando a arbitragem usou o recurso do vídeo para assinalar pênalti em cima de Antoine Griezmann. Desde então, outras quatro penalidades foram marcadas com o auxílio do VAR.

No entanto, a tecnologia também tem rendido bastante controvérsia. Na última segunda-feira, a CBF enviou uma carta à Comissão de Arbitragem da Fifa questionando os critérios para o uso do vídeo durante as partidas. No empate entre Brasil e Suíça, jogadores e membros comissão da seleção brasileira reclamaram pela não utilização do VAR no gol marcado por Zuber. A reclamação se dá por conta de um empurrão do suíço em cima do zagueiro Miranda.

Vale lembrar que o VAR não é a único recurso disponível nesta Copa do Mundo. Além do vídeo, a arbitragem conta com a tecnologia da linha do gol para alertar o juiz. Este, porém, já havia sido usado no Mundial de 2014, no Brasil.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo