Brasil

Neymar sofre com dores e deixa treino da seleção mancando

Danilo Lavieri, Dassler Marques, João Henrique Marques, Pedro Ivo Almeida e Ricardo Perrone

Do UOL, em Sochi (Rússia)

19/06/2018 11h23

Neymar deu um susto na seleção brasileira nesta terça-feira (19). O camisa 10 deixou o treino com dores no tornozelo direito e saiu da atividade mancando, acompanhado do fisioterapeuta Bruno Mazziotti e do médico Rodrigo Lasmar. Ele ficou por alguns instantes nas macas localizadas próximo ao campo e na sequência deixou o local de treinamento, já sem chuteiras.

 Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

As dores começaram quando a bola bateu de mau jeito no pé do atacante, assim que ele foi tentar um domínio durante uma roda de bobinho. Neymar tentou interceptar com o pé direito um passe de Thiago Silva e, logo em seguida, começou a demonstrar muito incômodo.

Neymar ainda tentou seguir na atividade, mas não conseguiu. Ao deixar a roda de bobinho, estava nitidamente irritado e chegou a chutar uma bola para longe, fazendo caretas, como é possível ver no vídeo abaixo do "Esporte Interativo".

De acordo com a assessoria de imprensa da seleção, a programação de Neymar para esta terça-feira já previa um período no campo e outro na fisioterapia para cuidados com o tornozelo direito. As dores iniciais, porém, fizeram com que a atividade com bola fosse abreviada. O médico Rodrigo Lasmar, por meio de declaração divulgada pela CBF, endossa a versão. 

"Neymar se queixou de dores no tornozelo, em decorrência do número de faltas sofridas contra a Suíça. Como o treino era regenerativo pros titulares, foi encaminhado para a fisioterapia. Fica lá hoje e amanhã de manhã,  treinando amanhã à tarde", declarou. 

MoWA Press
Dores no tornozelo direito fizeram Neymar deixar o treino mais cedo Imagem: MoWA Press

Em entrevista coletiva, o amigo Philippe Coutinho disse ter poucas informações a respeito. "Eu também vi o que vocês viram. Não conversei com ele depois, porque estava com a minha filha e família. Era mais a recuperação e estava quase no final. Ele deve ter sentido um pouco de dor, mas é normal", minimizou.

Vale lembrar que o atleta do PSG deixou o estádio em Rostov, após o empate por 1 a 1 com a Suíça, no último domingo (17), mancando bastante. Na zona mista, disse que o problema era apenas fruto de pancada e que não preocupava. Em seguida, o médico Rodrigo Lasmar também veio a público para afirmar que nada de anormal havia sido detectado.

Apesar disso, Neymar não participou das atividades com bola de segunda-feira, assim como Paulinho e Thiago Silva. Na ocasião, a comissão técnica também reiterou que não houve nenhum problema de ordem médica com o trio e que ele estaria à disposição do jogo de sexta-feira, contra a Costa Rica, às 9h (de Brasília).

Nesta terça, Neymar já cumpria uma rotina diferente dos demais ao lado de Thiago Silva, Paulinho, Willian, Miranda e Philippe Coutinho. Eles fizeram uma roda de bobinho apenas entre eles. Tite, inclusive, participou da atividade por algum momento.

O camisa 10 foi submetido a cirurgia no quinto metatarso do pé direito em março e voltou a jogar quase três meses depois, no amistoso contra a Croácia, em Liverpool, no início da preparação para a Copa do Mundo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Brasil

Topo