Topo

Bélgica

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

"Essa deve ser a minha Copa", afirma belga Eden Hazard

Richard Heathcote/Getty Images
Eden Hazard, da seleção belga, carrega a bola em jogo contra o Panamá Imagem: Richard Heathcote/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

20/06/2018 14h47

A Bélgica convive com grande expectativa nesta Copa do Mundo. Com uma geração talentosa, a equipe comandada por Roberto Martínez é uma das seleções mais promissoras na Rússia. Ciente da responsabilidade, o meia-atacante Eden Hazard sabe que esta deve ser a sua grande oportunidade de liderar os belgas a uma conquista inédita.

Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

"Tenho o sentimento de que essa deve ser a minha Copa do Mundo. Estou com 27 anos, jogando o meu segundo Mundial, tive uma grande temporada individualmente. Todos os elementos necessários para fazer um grande campeonato", disse o jogador ao jornal belga Gazet van Antwerpen.

Hazard aproveitou também para mostrar certa insatisfação com as cobranças em cima da seleção. Para ele, em alguns momentos a expectativa sobre o desempenho da equipe se torna exagerada.

"Se espera muito [da Bélgica]. Mas nós temos visto durante a Copa que, com exceção do primeiro jogo da Rússia [5 a 0 sobre a Arábia Saudita] quase todos os jogos são vencidos com um ou dois gols de diferença. Nós vencemos de 3 a 0 [do Panamá], então não está mal. Mas todos sempre esperam que a Bélgica jogue futebol, que tenha 80% de posse de bola, que chute 15 vezes e faça quatro gols", ironizou o camisa 10.

"Não funciona assim. Às vezes você tem jogos difíceis e ganha por 1 a 0. A coisa mais importante é que a gente vença nossos jogos. Mas, quando se tem tanto talento na equipe, não é estranho que as pessoas tenham altas expectativas", completou.

Os jogadores da seleção belga tiveram folga nesta quarta-feira (20). A equipe volta a campo no próximo sábado (23), às 9h (horário de Brasília), contra a Tunísia, pela segunda rodada do Grupo G.

Mais Bélgica