Copa 2018

Suárez desencanta, Uruguai bate Arábia Saudita e garante vaga nas oitavas

Do UOL, em São Paulo

20/06/2018 13h51

O Uruguai assegurou a classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo nesta quarta-feira (20), com uma vitória por 1 a 0 sobre a Arábia Saudita, pela segunda rodada do grupo A, em Rostov. Luis Suárez fez o gol do jogo, contando com a colaboração do goleiro Al-Owais, e desencantou no Mundial após uma partida de estreia bastante apagada.

Assista ao gol de Uruguai 1 x 0 Arábia Saudita

Agora, o Uruguai tem seis pontos, mas perde da Rússia no saldo de gols – os dois países já estão classificados e vão decidir o primeiro lugar da chave na próxima segunda-feira (25), às 11h (de Brasília), em Samara. Nos mesmos dia e horário, os já eliminados Egito e Arábia Saudita tentarão somar seus primeiros pontos em Volgograd.

O Uruguai não fez um grande jogo, preferindo controlar o ritmo em vez de atacar os sauditas após abrir o placar na bola parada, mas foi o suficiente para o bom resultado. Já a Arábia não se expôs tanto quanto na estreia contra a Rússia, mas voltou a mostrar muitas dificuldades técnicas.

O melhor: Cavani

JOE KLAMAR/AFP
Imagem: JOE KLAMAR/AFP

Assim como na estreia, o atacante do PSG foi o principal motor dos ataques uruguaios e esteve envolvido em praticamente todas as jogadas de mais perigo. Movimentando-se bastante para dar opção e tabelar, ele não teve muitas chances de finalizar, mas serviu bem seus companheiros. Poderia ter saído com uma assistência se Sánchez não tivesse errado a cabeçada após belo cruzamento.

O pior: Al-Owais

MARCOS BRINDICCI/REUTERS
Imagem: MARCOS BRINDICCI/REUTERS

O técnico Juan Antonio Pizzi resolveu trocar o goleiro Al-Mayouf, que tomou cinco gols da Rússia, e apostou em Al-Owais contra o Uruguai. Mas o novo guardião da meta saudita decepcionou. Em uma cobrança de escanteio aos 22 minutos, saiu totalmente errado, 'caçando borboleta', e deixou que a bola caísse de presente para Suárez, que só precisou completar para o gol. Falha que pôs fim a um início até animador da Arábia no jogo.

Suárez faz história na seleção

Andrew Medichini/AP
Imagem: Andrew Medichini/AP

O jogo foi de marcas importantes para Luis Suárez. O centroavante chegou a 100 partidas pela seleção uruguaia e fez seu 52º gol, consolidando sua liderança na artilharia histórica do país. Além disso, tornou-se o primeiro uruguaio a balançar as redes em três Copas diferentes (ele já havia marcado em 2010 e 2014). A atuação do camisa 9 na partida não foi espetacular, mas decisiva.

Uruguai muda o time e aposta no físico

Andrew Medichini/AP
Imagem: Andrew Medichini/AP

Depois de a Rússia atropelar a Arábia Saudita na imposição física, aproveitando os espaços deixados na estreia, o Uruguai tentou ir pelo mesmo caminho. O técnico Óscar Tabárez sacou os mais leves Nández e Arrascaeta para a entrada dos veteranos Carlos Sánchez e Cristian Rodríguez, de muita força pelos lados do campo. Apesar de alguns erros de passe, a estratégia funcionou bem e gerou volume de jogo. Os sauditas até tentaram marcar mais atrás, mas mostraram muita fragilidade.

Arábia Saudita se fecha mais, mas deixa espaços

Andrew Medichini/AP
Imagem: Andrew Medichini/AP

Em comparação com o jogo de estreia, a postura saudita foi mais cautelosa. O time estabeleceu sua defesa mais atrás no gramado e tentou se fechar em um 4-1-4-1 quando não tinha a bola. Mesmo assim, defendeu mal. O Uruguai conseguiu achar espaços para infiltrar e lançar a bola nas costas da zaga árabe. Além disso, subiu bem a marcação para roubar a bola na frente em alguns momentos em que o time asiático tentou sair jogando de pé em pé. Depois do gol, porém, os sul-americanos controlaram mais do que atacaram.

Ataques árabes não assustam o Uruguai

Ryan Pierse/Getty Images
Imagem: Ryan Pierse/Getty Images

A Arábia Saudita manteve sua proposta de tocar a bola pelo chão para tentar criar oportunidades, mas esbarrou novamente em dificuldades técnicas. A seleção do Oriente Médio até conseguiu se instalar no campo de ataque em alguns momentos, mas a defesa uruguaia esteve segura. A melhor jogada foi um chute de fora da área de Bahebri após limpar a marcação, mas Muslera espalmou bem.

FICHA TÉCNICA

Uruguai 1 x 0 Arábia Saudita

Local: Rostov Arena, em Rostov (Rússia)
Data: 20/06/2018
Horário: 12h (de Brasília)
Árbitro: Clement Turpin (França)
Assistentes: Nicolas Danos e Cyril Gringore (França)

Gol: Suárez, aos 22 minutos do 1º tempo

Uruguai: Muslera; Varela, Giménez, Godín e Cáceres; Sánchez (Nández), Vecino (Torreira), Bentancur e Cristian Rodríguez (Laxalt); Suárez e Cavani. Técnico: Óscar Tabárez

Arábia Saudita: Al-Owais; Al-Burayk, Osama Hawsawi, Al-Bulaihi e Al-Shahrani; Otayf; Bahebri (Kanno), Al-Jassim (Al-Mogahwi), Al-Faraj e Al-Dawsari; Al-Muwallad (Al-Sahlawi). Técnico: Juan Antonio Pizzi

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo