Topo

Argentina

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Agüero dispara contra Sampaoli após derrota: "Que ele diga o que quiser"

Clive Brunskill/Getty Images
Dejan Lovren, da Croácia, ganha dividida de Sergio Agüero, atacante da Argentina Imagem: Clive Brunskill/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

2018-06-21T18:39:11

21/06/2018 18h39

Mais do que chateação, a derrota da Argentina por 3 a 0 contra a Croácia nesta quinta-feira (21) pode gerar uma crise na delegação que viajou até a Rússia para a disputa da Copa do Mundo. Questionado por um jornalista argentino sobre Jorge Sampaoli ter dito que os jogadores não se adaptaram ao seu projeto para o Mundial, Sergio Agüero se irritou e respondeu.

Clique aqui e veja os melhores momentos da vitória croata

Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

“Que ele diga o que quiser”, respondeu rapidamente o atacante do Manchester City antes deixar a zona mista do Estádio Nizhni Novgorod e se dirigir ao ônibus da seleção.

Na entrevista coletiva após o jogo válido pelo Grupo D, o treinador da Argentina, na verdade, reclamou que os jogadores não entenderam o "seu projeto para o jogo" e tentou assumir a culpa pelo revés ao escalar a equipe num sistema de 3-4-3. "Achei que esse plano de jogo poderia gerar muita pressão ao adversário e disputar o centro do campo. O projeto não prosperou e assim é muito difícil que os jogadores se destaquem individualmente. Não li a partida como ela aconteceu".

Antes de se irritar ao falar sobre Sampaoli, Agüero tinha mostrado muito desapontamento pela derrota desta quinta-feira (21). O atacante chegou a falar em "milagre" para a Argentina se classificar para as oitavas de final.

"Sinto tristeza e raiva. Mas ainda há uma chance. Agora dependemos de outros. Fizemos tudo o que podíamos, mas não deu. Agora resta a esperança, milagre, o que seja. Mas há que esperar até amanhã e depois vamos tentar bater a Nigéria", disse.

Mais Argentina