Peru

Guerrero perde gols e chora após eliminação peruana diante da França

AP Photo/Mark Baker
Guerrero é consolado por Matuidi após eliminação do Peru na Copa Imagem: AP Photo/Mark Baker

Do UOL, em São Paulo (SP)

21/06/2018 14h28

Paolo Guerrero lutou muito para estar na Copa do Mundo. Contudo, a participação do centroavante durou pouco. Terminada a segunda rodada da competição, o camisa 9 e a seleção do Peru acabaram eliminados após duas derrotas. Titular diante da França nesta quinta-feira (1 a 0), em Ecaterimburgo, o jogador do Flamengo se emocionou e chorou após o apito final.

Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
- Desolados, jogadores do Peru choram após derrota e eliminação na Copa
- França aproveita erros de Guerrero, elimina Peru e se garante nas oitavas

Guerrero simbolizava a frustração vivida por milhares de peruanos que viajaram até a Rússia. No primeiro Mundial do país em 36 anos, o time sul-americano apresentou-se bem, mas não obteve os resultados. O flamenguista não escondeu as lágrimas depois da segunda derrota e precisou ser consolado por membros da comissão técnica no caminho para o túnel.

Além de Guerrero, outros jogadores como Aquino também se emocionaram com a eliminação. Alguns atletas da França mostraram sensibilidade e abraçaram os adversários, como forma de consolar quem se despedia da Copa com uma rodada de antecedência – os franceses, por outro lado, asseguraram vaga nas oitavas de final.

Paolo Guerrero enfrentou uma longa batalha judicial para estar presente na Copa do Mundo da Rússia. Suspenso por doping, o centroavante flamenguista só conseguiu no fim de maio a liberação para atuar no Mundial.

Tanto que o jogador do Flamengo se somou ao restante do elenco durante a preparação, já na Europa. Atrás dos companheiros em relação ao início de trabalho de Ricardo Gareca para o Mundial, Guerrero ficou no banco de reservas na estreia, quando o Peru acabou superado pela Dinamarca (1 a 0).

Nesta quinta-feira, o camisa 9 reassumiu a condição de titular e capitão, mas não fez a diferença. Pelo contrário. Guerrero perdeu duas chances claras de gol no ataque, e defensivamente esteve indiretamente envolvido no gol que deu a vitória para a França em Ecaterimburgo.

Guerrero acabou desarmado por Pogba na intermediária defensiva e viu o contra-ataque terminar no gol de Mbappe, justamente quando o Peru ensaiava exercer uma pressão após os gols perdidos pelo camisa 9 do time rubro-negro.

Apesar da eliminação, a seleção peruana ainda tem um último compromisso para fechar a primeira participação em Mundiais desde 1982. Na terça-feira, Guerrero e companhia encaram a Austrália, que ainda possui chances de classificação para a fase mata-mata na Rússia.

O grupo C tem a França com seis pontos, a Dinamarca com quatro, a Austrália com um e o Peru zerado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Peru

Topo