Topo

Argentina

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Torcedor argentino humilha russa e tem entrada vetada nos estádios da Copa

Do UOL, em São Paulo

21/06/2018 11h57

A Rússia atendeu a um pedido do governo da Argentina e vetou a entrada do torcedor argentino Néstor Penovi nos estádios da Copa do Mundo. A informação é da Rádio La Red, da Argentina. O torcedor gerou polêmica após postar vídeo em que humilha uma russa. 

Néstor pede para a mulher repetir palavras em espanhol. Sem saber a pronúncia, a russa repetiu a frase pedida por Néstor, que tinha conotação sexual.

"Olá, argentinos. Venham para cá. Quero chupar p...", diz a russa, sem ter noção do teor do conteúdo pedido pelo torcedor, que está na Rússia para assistir ao Mundial.

As autoridades russas bloquearam o Fan ID (identificação do torcedor nos estádios da Copa). Sem esse registro, ele tem acesso vetado nos estádios do Mundial.

“Pedimos para que eles tomem medidas deste caso e que seja retirado o registro desse torcedor para que ele não possa entrar nos estádios”, informou à rádio “La Red” Guillermo Madero, diretor Nacional de Seguridade em Espetáculos Futebolísticos, ligados ao governo argentino.

Após o vídeo provocar repercussão negativa nas redes sociais, a Embaixada da Rússia na Argentina manifestou repúdio e pediu para que o torcedor peça desculpas pelo ocorrido.

“Profundamente indignada com o disparate obsceno e ofensivo cometido na Federação Russa por um dos turistas estrangeiros supostamente provenientes da República Argentina". "Esperamos que essa pessoa tenha coragem de apresentar as suas devidas desculpas públicas".

Já a Embaixada da Argentina na Rússia pediu aos torcedores presentes no Mundial para que tenha comportamento exemplar.

“Em relação a certos vídeos que circulam pela Internet, consideramos que o respeito, a tolerância e a educação são valores universais e, portanto, rejeitamos o uso das diferenças de língua para desrespeitar os nossos anfitriões".

Mais Argentina