Copa 2018

Banido de estádios da Copa por assediar jovem russa, argentino se desculpa

Do UOL, em São Paulo

22/06/2018 21h42

Os casos de assédio sexual envolvendo mulheres russas não são exclusividade dos brasileiros. Esta semana também teve um vídeo de um argentino ensinando uma moça a dizer palavras de teor sexual em espanhol. Nesta sexta (22), ele se desculpou.

Brasileiros precisam entender que assédio não é brincadeira
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial

Demissão por justa causa ou detenção: o que a lei diz sobre assédio na Copa

“Olá, argentinos, venham para cá! Quero chupar p...!” é a frase que o torcedor Néstor Fernando Penovi, de 47 anos, pede para a mulher repetir na gravação que se tornou viral nos últimos dias.

A retratação foi feita ao vivo na emissora Ciudad Magazine. “Peço desculpas por ter feito isso com a moça. Peço desculpa ao povo argentino, ao povo russo, e a todos. Aos meus amigos, ao meu bairro, meus filhos e às esposas de meus filhos”, começou.

“É algo que me envergonha, não sou assim. Tenho 47 anos e sou uma pessoa de bem”, disse o homem ao canal por telefone. Ele conta que havia bebido algumas cervejas, mas não quis justificar que estava alcoolizado. “Não estava. Foi uma atitude de mal gosto”, afirmou.

A polêmica foi ainda maior na Argentina porque a vítima do assédio parece ser menor de idade. No entanto, Néstor Penovi disse que a abordagem foi feita no local de trabalho da moça, de modo que presumiu que ela fosse legalmente adulta.

“Aqui não trabalham menores de idade. Tive a sensação de que ela era maior de idade, estava em seu trabalho. Mas não pude confirmar porque não vi seu documento. Mas me sinto mal de qualquer forma, não importa a idade”, respondeu.

O próprio Ministério de Segurança da Argentina pediu às autoridades russas para que Penovi tivesse o Fan ID confiscado. Este documento permite a entrada de torcedores nos estádios da Copa do Mundo e, sem ele, o homem não poderá ver as partidas in loco.

No entanto, ele afirma que ainda não foi comunicado desta decisão. “Ainda não me disseram nada. Não sei se vão me deixar entrar ou não. Eu comprei os ingressos com antecedência, mas não sei o que vão fazer”, disse ele, ainda sem saber se deixará a Rússia imediatamente ou não.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo