Topo

Austrália

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Com ombro lesionado, australiano ainda tem esperança de enfrentar o Peru

Saeed Khan/AFP Photo
Andrew Nabbout está usando uma tipoia após lesão no duelo com a Dinamarca Imagem: Saeed Khan/AFP Photo

Do UOL, em São Paulo

2018-06-22T19:43:20

22/06/2018 19h43

Depois de lesionar o ombro direito no empate por 1 a 1 contra a Dinamarca, na quinta-feira, o atacante australiano Andrew Nabbout diz ainda ter esperança de disputar a partida decisiva da primeira fase, contra o Peru, na terça-feira.

Artilheiro da Austrália na Copa já foi comparado a personagem de Star Wars
PVC: o canguru não é perneta
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial

A lesão é similar à que Nabbout sofreu em maio, enquanto jogava pelo Urawa Red Diamonds, do Japão. E é por isso que o australiano ainda tem esperança de entrar em campo no jogo que vai selar a classificação ou a eliminação dos Socceroos. "Os médicos dizem que a recuperação na segunda vez é mais rápida que da primeira", diz o camisa 11. "Eu estou bem, não sinto dor", afirmou. Logo depois do jogo contra a Dinamarca, o técnico Bert Van Marwijk chegou a dizer que a Copa tinha acabado para o atleta.

Da primeira vez em que sofreu a lesão no ombro, Nabbout ficou duas semanas sem jogar. Desta vez, teria de estar recuperado em apenas quatro dias. "É claro que é uma situação frustrante, mas vou começar a fisioterapia e veremos o que acontece. Eu sempre tento me manter positivo neste tipo de situação".

Contra o já eliminado Peru, a Austrália precisa de uma vitória e ainda depender de uma vitória da França contra a Dinamarca. Mesmo assim, a segunda vaga do grupo seria definida no saldo de gols.

Martin Meissner/AP Photo
Imagem: Martin Meissner/AP Photo

Mais Austrália