Topo

Nigéria

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Herói da Nigéria contra a Islândia é conhecido por versão "apelona" no FIFA

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

22/06/2018 14h14

“Esse gol é para nós fifeiros”. Uma rápida passagem por grupos de jogadores do game FIFA é suficiente para acompanhar uma turma eufórica com dois gols marcados na vitória da Nigéria sobre a Islândia por 2 a 0, nesta sexta-feira (22). O motivo tem nome e sobrenome: Ahmed Musa.

Clique aqui para ver os melhores momentos da vitória nigeriana

- Como foi a primeira vitória da seleção brasileira na Copa da Rússia
- Brasil decide vaga nas oitavas contra a Sérvia: veja a tabela da Copa
-  
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial

Autor dos dois gols na vitória da Nigéria sobre a Islândia, o atacante desperta amor e ódio no game de futebol. Sua velocidade absurda e capacidade de finalização faz com que o jogador seja tratado no mundo virtual como “bugado”, termo usado quando a versão eletrônica é muito melhor do que a da vida real, e “apelão”.

Reprodução
Imagem: Reprodução

“Critiquem mais o Musa no FIFA. O bicho não é bugado, não. Ele é zica mesmo”, escreveu um internauta em um grupo de FIFA durante a partida da Copa do Mundo.

Musa ganhou destaque no game ao ser contratado pelo então campeão inglês Leicester, em 2016. No modo Ultimate Team do FIFA não é incomum ver times montados com Cristiano Ronaldo, Neymar e... Musa.

A rapidez de Musa no game impressiona mesmo. Em sua versão no Ultimate Team, o nigeriano conta com 93 de velocidade. Para efeito de comparação, ele fica à frente de Lionel Messi (89), Cristiano Ronaldo (90), Neymar (92) e perde por pouco para Gareth Bale (94).

“Bugado” ou não, o certo é que Musa fez história com a camisa da Nigéria. Ao marcar duas vezes contra a Islândia, o atacante se tornou o maior artilheiro do país em Copas do Mundo, com quatro bolas na rede.

Mais Nigéria