Copa 2018

No bolão da sala 102, só o Davi acertou o placar da vitória do Brasil

reprodução/Twitter
Bolão feito por crianças de escola de Volta Redonda (RJ) aponta placares exóticos para jogo do Brasil Imagem: reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

22/06/2018 11h38

Não foi como esperavam a Lavínia e Gabriely, que confiavam num 10 a 0 para o Brasil, mas também não foi tão ruim quanto a previsão do João Henrique, que apostou num 11 a 10 para a Costa Rica. O placar do duelo entre brasileiros e costa-riquenhos, nesta sexta, foi bem mais apertado: 2 a 0. 

Assista aos gols de Brasil 2 x 0 Costa Rica

Mesmo assim, um dos alunos da Tia Solange cravou o resultado e ganhou o "bolão" da Escola Municipal John Kennedy, de Volta Redonda (RJ). Foram os colegas do Davi que ganharam fama nacional ao longo da semana, depois que a foto das apostas viralizou nas redes sociais graças às apostas "ousadas" dos colegas de sala. 

Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

As crianças têm uma média de 6 anos e estão no primeiro ano do ensino fundamental. Nem mesmo a juventude os impediu de reclamar com quem apostou contra a seleção brasileira.

"Não queriam aceitar, achavam que não podia torcer contra o Brasil. Mas a gente conversou e eles entenderam que os dois times podem perder, que a probabilidade de perder é de 1 para 2. Eles perceberam que tinham que aceitar a opinião do outro, mas deu um pouquinho de desentendimento", relatou ao UOL Esporte a professora Solange Ferreira de Andrade, na quarta-feira. 

A professora decidiu iniciar a brincadeira quando notou que seus alunos estavam perdidos em relação à Copa. Alguns diziam que torceriam para o Flamengo, outros para o Vasco, o que deu a Solange a ideia de explicar conceitos muito maiores que o Mundial.

"Expliquei que são os melhores jogadores, e que é feita uma seleção para fazer um time só para defender o país. Eles não têm noção de país ainda, nem mesmo de bairro, coisas de geografia. Eu resolvi entrar nesse assunto para trabalhar a noção de países, bandeiras, hinos, e dizer que o objetivo é promover a paz entre os povos", explicou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo