Topo

Copa 2018


Osorio elogia Coreia e promete não deixar México entrar na zona de conforto

REUTERS/Maxim Shemetov
Técnico Juan Carlos Osorio comemora a vitória do México sobre a Alemanha Imagem: REUTERS/Maxim Shemetov

Do UOL, em São Paulo

2018-06-22T14:54:57

22/06/2018 14h54

Aconteça o que acontecer daqui em diante com a seleção mexicana, ela já está na história da Copa do Mundo de 2018. A vitória sobre a Alemanha na estreia, jogando inclusive melhor do que os atuais campeões, ganhou repercussão no mundo todo. Mas o técnico Juan Carlos Osorio não quer parar por aí.

Três torcedores do México são detidos na Rússia por furto, diz jornal
Não pode dormir! Chicharito é alvo de colegas da seleção nas redes sociais
México é multado pela Fifa após grito homofóbico de torcedores na estreia

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (22), na véspera do duelo contra a Coreia do Sul, o ex-treinador do São Paulo prometeu não deixar que o México se acomode. 

"Não podemos cair na zona de confronto, não podemos dormir sobre nossas glórias. Não podemos esquecer o que nos levou a ser o primeiro das Eliminatórias e o que nos permitiu jogar esse jogo contra a Alemanha", disse o treinador, em entrevista coletiva, já em Rostov, ressaltando que a responsabilidade do México inclusive é maior depois da vitória na estreia. "Esta semana entendemos nossa responsabilidade, que é a grande expectativa depositada sobre nós",

Uma vez que o México venceu a Alemanha na primeira rodada e a Coreia do Sul perdeu na estreia para a Suécia, os mexicanos são cotados como favoritos para o jogo deste sábado. Mesmo assim, Osorio fez questão de mostrar extremo respeito pelos rivais, explicando como estudou o adversário.

"Nós identificamos na Coreia um grande rival. Seu técnico tem muita experiência com o time. Nós admiramos a Coreia e os respeitamos. Fomos visitar Guus  Hiddink para falar sobre a Coreia em 2002", contou. Naquela Copa, o holandês comandou a Coreia do Sul, dona da casa, até as semifinais.

Mais Copa 2018