Argentina

Argentinos são presos por traficar drogas em réplicas da taça da Copa

AFP
Cocaína retirada de dentro de uma das réplicas da taça da Copa do Mundo Imagem: AFP

Do UOL, em São Paulo

23/06/2018 14h45

A polícia argentina prendeu na sexta-feira seis pessoas sob acusação de usar réplicas da taça da Copa do Mundo para traficar drogas. O grupo, chamado pela imprensa local de "Narcos da Copa", foi detido em La Matanza, no distrito de Buenos Aires.

Culpados ou inocentes? O peso de craques como Messi e Neymar em Copas
Cidade russa prepara festa de aniversário para Messi
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial

De acordo com a imprensa argentina, a polícia encontrou 1,5 quilo de cocaína apenas em uma das taças. Também foram encontrados no local maconha, dois veículos de luxo e armas de fogo. As taças estariam sendo usadas porque, durante o Mundial, as réplicas não levantariam suspeitas.

Enquanto isso, na Rússia, a Argentina terá um jogo de vida ou morte às 15h de terça-feira, contra a Nigéria. Precisa vencer e ainda torcer contra a Islândia, que enfrenta a já classificada Croácia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Argentina

Topo