Bélgica

Em português, Lukaku fala sobre o ídolo: "Adriano é maior do que eu"

Catherine Ivill/Getty Images
Romelu Lukaku chuta por cima de Farouk Ben Mustapha para marcar terceiro gol da Bélgica contra Tunísia Imagem: Catherine Ivill/Getty Images

Rodrigo Mattos e Marcel Rizzo

Do UOL, em Moscou (Rússia)

23/06/2018 10h58

Com uma atuação ofensiva do time belga, o atacante Lukaku marcou dois gols na vitória por 5 a 2 sobre a Tunísia, e igualou Cristiano Ronaldo com quatro gols na artilharia do Mundial. Seu estilo de jogo lembrou bastante o ex-jogador brasileiro Adriano, que era seu ídolo de infância. 

Jogador da Tunísia vomita em campo na volta do intervalo
Belgas e tunisianos asseguram um recorde para a Copa
Técnico da seleção africana chora com hino da Tunísia

Copa-2018: Assista aos gols de Bélgica 5 x 2 Tunísia

Mas o belga acredita que ainda não pode ser comparado ao brasileiro, que tem menos gols em Copas do que ele: "Adriano é maior do que eu. Fico feliz por ter feito gols, estou jogando ao lado de jogadores que facilitam muito para que o gol saia", disse na zona mista do Estádio do Spartak, em Moscou. A declaração foi dada em português, que ele disse ter aprendido com os amigos brasileiros que fez na carreira. 

Questionado pelos jornalistas, Lukaku também falou sobre outro ídolo: o francês Thierry Henry, que é auxiliar técnico da seleção da Bélgica. "Aprendo todo dia, melhorei depois que comecei a treinar com ele. Movimentos, ajuda em muitas coisas."

Artilheiro do Manchester United, Lukaku passou a jogar de forma diferente desde que o técnico Roberto Martínez assumiu a Bélgica. Sua função é jogar puramente para marcar gols, segundo o treinador, sem outras preocupações. 

E sua eficiência tem sido quase total. Na primeira partida, diante do Panamá, foram três chances de gol - e duas acabaram na rede. Diante da Tunísia, de novo, três oportunidades de marcar, e duas entraram. O detalhe é que foram dois gols em dois chutes a gol, e a única chance desperdiçada foi quando perdeu a passada.

Na conclusão das jogadas, o atacante tem um estilo similar ao de Adriano. Isso pôde ser visto especialmente no segundo tento quando deu uma cavadinha de classe para tirar do goleiro que saía para interromper a jogada. A força física, a capacidade de fazer pivô servindo companheiros e o chute forte são outras similaridades. 

Lukaku já declarou que seu ídolo de infância era Adriano, jogador em que diz se inspirar. Também pôde ser visto no primeiro gol quando se deslocou de forma precisa para se livrar do zagueiro e receber de Mertens para chutar no canto, seco. 

Durante o Mundial, o atacante cuja família tem origem congolesa escreveu um texto em que detalhava sua infância com dificuldades, e a determinação para conseguir ter uma carreira no futebol. Sua vontade e força em campo são, sim, perceptíveis. Mas ele parece estar bem mais solto do que no início da carreira, brincando com companheiros como Hazard e Mertens quando uma bola saía forte demais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Bélgica

Topo