Brasil

Edu Gaspar defende choro de Neymar após vitória: 'O nosso sangue é quente'

Do UOL, em São Paulo (SP)

23/06/2018 18h44

A reação emotiva de Neymar após a vitória por 2 a 0 sobre a Costa Rica continua dividindo opiniões nas redes sociais e nas discussões entre torcedores. Entre os que defendem o desabafo do camisa 10 do Brasil está Edu Gaspar, coordenador de seleções da CBF, que considerou a reação natural para um jogador que correu risco de não disputar a Copa do Mundo da Rússia por conta de uma fratura no pé direito.

Simule resultados da última rodada e quem vai às oitavas
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

"O atleta não pode? Eu não posso? Saí correndo, fui lá abraçar... Não tenho o direito? Às vezes o pessoal passa um pouquinho do ponto. Tenha um pouquinho mais de critério. A gente precisa ter o nosso equilíbrio, nosso controle, mas estávamos com uma carga emocional muito grande. Somos brasileiros, não europeus. O nosso sangue é quente. Foi choro de emoção, de estar aqui. Isso nos fortalece", afirmou o dirigente ao canal Fox Sports, neste sábado (23), em Sochi, onde assistiu à vitória da Alemanha por 2 a 1 sobre a Suécia no Estádio Olímpico de Fisht.

"Imagine o atleta ficar três meses parado por uma lesão, para jogar uma Copa com uma responsabilidade que ele [Neymar] já tem naturalmente. Ele está bem focado, fazendo o seu trabalho, mas precisamos respeitar o tempo, por melhor que ele seja, temos de respeitar o momento", completou Gaspar.

Autor do segundo gol diante da Costa Rica, Neymar não deu entrevistas após a partida e usou as redes sociais dar respostas a críticos. "Falar, até papagaio fala", escreveu o atacante no Instagram.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Brasil

Topo