Copa 2018

Fora da Copa, goleiro da Nigéria revela que não tem mais sinais de leucemia

Twitter/Reprodução
Jogadores da Islândia homenageiam Ikemi, goleiro nigeriano diagnosticado com leucemia Imagem: Twitter/Reprodução

Do UOL, em São Paulo

23/06/2018 15h34

A seleção nigeriana tem mais uma vitória para comemorar em meio à Copa do Mundo. Fora do Mundial para se tratar de um câncer, o goleiro Carl Ikeme revelou neste sábado, pelas redes sociais, que não tem mais sinais da doença. 

"Depois de um ano de quimioterapia intensa, eu gostaria de compartilhar que estou em remissão completa. Ainda tenho obstáculos para passar até ser curado, mas espero que eu possa seguir em frente com alguma normalidade! Gostaria de agradecer a todos pelo apoio. Obrigado", escreveu o goleiro no Twitter.

Remissão, no caso, é o termo utilizado em um cenário onde há a ausência de sinais da doença, sem que isso signifique a cura completa. A remissão pode inclusive permitir a Ikeme voltar a treinar e atuar.

O goleiro, que segundo a imprensa do país africano seria favorito à titularidade no Mundial, descobriu a doença durante exames de pré-temporada no Wolverhampton no ano passado e se afastou para fazer tratamento.

Antes do jogo contra a Nigéria, a seleção islandesa chegou a fazer uma homenagem ao jogador, posando para foto com uma camisa com o nome do goleiro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo