Argentina

Mais leve após ajuda, Argentina treina em clima de incerteza com escalação

Tatyana Makeyeva/Reuters
Messi durante treino da Argentina, em Bronnitsy Imagem: Tatyana Makeyeva/Reuters

Marcel Rizzo

Do UOL, em Bronnitsy

23/06/2018 06h10

Sob sol e calor de quase 30°C, pouco usual na Rússia, a Argentina voltou a treinar no campo neste sábado (23). O clima, aparentemente, estava mais ameno do que logo após a derrota para a Croácia, resultado claro do triunfo por 2 a 0 da Nigéria frente à Islândia na última sexta-feira que ressuscitou os argentinos na Copa do Mundo.

Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

O técnico Jorge Sampaoli foi o primeiro a entrar no campo, e passou a colocar marcações no gramado para os trabalhos físicos. Há um clima de incerteza em relação ao time que ele escalará contra a Nigéria na próxima terça-feira, principalmente diante do fracasso de suas opções no revés por 3 a 0 para os croatas. Até o momento o treinador não repetiu escalações no trabalho de um ano à frente da seleção. 

Os atletas foram chegando aos poucos, em carrinhos de golfe que os transportavam dos alojamentos do centro de treinamento em Bronnitsy, cidade a 60 km de Moscou.

Lionel Messi apareceu no último carro, andou até a arquibancada, sentou e amarrou a chuteira. Andou até o campo sorrindo, com a fisionomia mais leve - há preocupação dos argentinos com seu psicológico após perder pênalti no 1 a 1 contra a Islândia.

Os 15 minutos abertos à imprensa foram apenas de trabalhos físicos, e Messi participou animado, inclusive do "bobinho", brincando com Agüero e Di Maria.

Do outro lado, os três goleiros trabalhavam defendendo chutes dos preparadores, inclusive Caballero, que falhou feio no primeiro gol croata. A imprensa argentina noticiou que ele, inclusive, deve perder o lugar para Armani no decisivo jogo de terça. Porém, a opção de Sampaoli só será confirmada ao longo dos treinos.

Três jogadores não treinaram, se recuperando de dores: Mercado e Otamendi, titulares no último jogo, e Biglia. Nenhum preocupa para o jogo.

Com a vitória nigeriana na última sexta-feira, a Argentina precisa de uma vitória sobre os africanos na última rodada do Grupo D para passar às oitavas desde que a Islândia não vença a Croácia. Se tanto argentinos como islandeses venceram, a decisão da vaga será no saldo de gols.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Argentina

Topo