Brasil

Internautas confundem repórter com Philippe Coutinho e o inundam de carinho

Reprodução
Jornalista Filipe Coutinho foi confundido com o jogador Philippe Coutinho Imagem: Reprodução

Adriano Wilkson

Do UOL, em São Paulo

24/06/2018 04h00

O perfil no Twitter do jornalista Filipe Coutinho virou alvo de manifestações efusivas gratuitas de carinho na última sexta-feira logo que seu quase homônimo, o atacante Philippe Coutinho, fez o primeiro gol da seleção brasileira contra a Costa Rica, em São Petersburgo.

Torcedores emocionados com o gol marcado nos acréscimos foram à internet expressar sua gratidão ao atleta, mas a despejaram sobre o primeiro Coutinho que encontraram. O êxtase levou alguns a ignorarem a diferença na grafia dos nomes e na foto do avatar.

“Parabéns pelo jogo!!! seu gol foi lindo!!! vem hexa”, escreveu um internauta ao jornalista, querendo escrever ao jogador. “Monstro sagrado! Que continue jogando muito até o Hexa!”, mandou outro.

O fato de o perfil do Coutinho repórter ter o selo de conta verificada provavelmente levou muitos internautas a achar que se tratava do Coutinho atleta. O aviso abaixo de sua biografia (“I’m not the soccer player”) não foi suficiente para desfazer a confusão.

Acostumado a ser abordado no Twitter como se fosse o jogador, o jornalista resolveu entrar na brincadeira. Logo após receber as primeiras mensagens, postou a frase “Obrigado a todos pelas palavras de carinho”, que foi encarada pelos torcedores menos atentos como um sinal da humildade do meia.

Apenas esse único tuíte já teve quase 60 mil curtidas e mais de 15 mil retuítes.

“Na emoção do gol, o cara nem pensa que o nome dele é com PH”, disse o jornalista. “Tacou um F na busca, viu que a conta era verificada e escreveu.”

Não foi o único caso de internautas brasileiros confundindo personalidades nas redes sociais nesta Copa do Mundo. Na primeira semana do Mundial, torcedores indignados com o árbitro que trabalhou na estreia do Brasil miraram no mexicano Cesar Ramos e acertaram no piloto brasileiro Cesar Ramos, da Stock Car.

No caso de Coutinho, a situação virou uma grande chacota. Cada mensagem para o jogador que vinha para sua conta, o jornalista respondia com educação e bom humor.

“Muita gente começou a mandar: ‘Como você é humilde! Você é demais!’, achando que aquela tuitada era do Phillippe Coutinho. Quando eu comecei a responder virou chacota, as pessoas adoraram a piada", disse.

Especializado na cobertura da política de Brasília, onde vive, o jornalista nunca se encontrou pessoalmente com o xará famoso. Ele já trabalhou na “Folha de S.Paulo” e na revista “Época”. Hoje atua na revista “Crusoé”.

Não costumava acompanhar o futebol inglês, mas por causa da coincidência sempre ficava sabendo quando Philippe Coutinho jogava bem. “Sempre que ele fazia um golaço no Liverpool, algum estrangeiro me encontrava no Twitter e mandava mensagem, achando que era ele”, lembra o repórter.

Na cobertura dos preparativos para a Copa de 2014, Coutinho (que já venceu o prêmio Esso, uma das maiores honrarias do jornalismo brasileiro) participava de uma entrevista coletiva com o então ministro Aldo Rebelo. Depois de ter seu nome anunciado e fazer uma pergunta a Rebelo, ouviu uma piada do político, que torce pelo Vasco, time que revelou seu xará meia-atacante: “Nome de craque”, brincou Rebelo.

Em tempo: O Phillippe Coutinho, jogador do Barcelona e da seleção, atende no @Phil_Coutinho. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Brasil

Topo