Topo

Colômbia

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Yerry Mina diz que Palmeiras é sua casa e avalia retorno no futuro

Alex Livesey/Getty Images
Zagueiro marcou o primeiro dos gols da Colômbia na vitória que eliminou a Polônia Imagem: Alex Livesey/Getty Images

Julio Gomes

Colaboração para o UOL, em Kazan (Rússia)

24/06/2018 19h43

A Colômbia venceu a Polônia por 3 a 0 neste domingo, em jogo pela segunda rodada do Grupo H da Copa do Mundo de 2018. E o responsável pelo primeiro gol colombiano na partida é um velho conhecido da torcida brasileira: Yerry Mina, zagueiro ex-Palmeiras, atualmente no Barcelona.

Simule resultados da última rodada e quem vai às oitavas
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

Após o jogo em Kazan, Mina atendeu jornalistas e mandou saudações para torcedores brasileiros, em especial aos palmeirenses. “Um abraço para todos do Palmeiras, que me mandam sempre seu carinho e suas mensagens, e também para todo mundo do Brasil. Tenho um carinho muito grande”, disse Mina.

Questionado a respeito de um futuro retorno ao Palmeiras, o zagueiro colombiano deixou claro que não descarta a possibilidade. “Se houver uma oportunidade, acho que lá é minha casa, pela maneira como me trataram”, afirmou.

A vitória por 3 a 0 sobre os poloneses eliminou os rivais europeus da Copa de 2018, e ainda manteve os colombianos na briga. Japão e Senegal lideram o Grupo H com quatro pontos cada, enquanto a Colômbia tem três.

Com a sobrevivência do time assegurada até a terceira rodada, Mina comemorou. “É maravilhoso. Em nenhum momento duvidei do nosso time”, disse o zagueiro, que, assim como os companheiros, creditou o resultado “à união”. “Sempre acreditamos uns nos outros, nossa grande família, e tratamos de mostrar”, declarou.

A Colômbia decide sua classificação em jogo na próxima quinta-feira (28), quando encara o Senegal em Samara. Ao mesmo tempo, o Japão mede forças com a Polônia. E, para Mina, os comandados de José Pékerman têm condições de chegar às oitavas de final.

“Onde quer que estejamos, vamos dar tudo e tratar de ganhar, porque é disso que gostamos”, afirmou o ex-palmeirense.

Mais Colômbia