Copa 2018

Veja o que está em jogo na última rodada da fase de grupos da Copa

Rodrigo Villalba/MemoryPress
Imagem: Rodrigo Villalba/MemoryPress

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

24/06/2018 16h56

Calculadora em mãos, vamos à última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo a partir desta segunda-feira (25). Apenas seis seleções já garantiram presença nas oitavas de final, e há muita coisa em aberto. A semana define não só os 16 sobreviventes, mas também o chaveamento da competição até a final, por isso o UOL Esporte lista abaixo tudo o que está em jogo em cada chave.

O cardápio de jogos oferece confrontos diretos por classificação, uma espécie de ‘mata-mata adiantado’ dentro do Mundial – é mais ou menos o caso da seleção brasileira, aliás. Há ainda quem joga dependendo dos outros (alô, Argentina!) e quem só entra em campo tentando assegurar o primeiro lugar da chave.

Há grande possibilidade de algumas vagas na próxima fase serem definidas nos critérios de desempate. A ordem é: saldo de gols, gols feitos, confronto direto, critério disciplinar e, em último caso, sorteio. O viés disciplinar é o mais complexo, sendo uma contagem de pontos em que a seleção mais disciplinada fica em vantagem. Funciona da seguinte forma:

Cartão amarelo: menos um ponto
Dois amarelos e expulsão: menos três pontos
Cartão vermelho direto: menos quatro pontos
Cartão amarelo + vermelho direto: menos cinco pontos

Confira abaixo a situação de cada grupo e a lista de atletas que podem perder as oitavas por acúmulo de cartões (todos os horários são de Brasília).

Grupo A

Rússia e Uruguai definem a liderança da chave em confronto direto, às 11 horas desta segunda-feira (25). Um empate beneficia a seleção anfitriã, que está à frente devido ao saldo de gols. No mesmo horário, Arábia Saudita e Egito cumprem tabela e se despedem da Copa do Mundo.

Podem perder as oitavas:
Golovin, Smolov (Rússia)
Uruguai: nenhum

Grupo B

Stu Forster/Getty Images
Imagem: Stu Forster/Getty Images
Três seleções brigam por duas vagas nas oitavas: Espanha, Portugal e Irã. Os europeus têm campanha idêntica com quatro pontos cada, um acima da seleção persa. Desta forma, o duelo entre iranianos e portugueses toma contornos decisivos. Já a Espanha precisa ao menos empatar com o já eliminado Marrocos para se assegurar na próxima fase. O curioso no grupo é que a definição do primeiro lugar pode se dar no critério disciplinar (número de expulsões e cartões amarelos), caso espanhóis e portugueses empatem seus jogos ou vençam pelo mesmo placar. Os jogos são às 15 horas desta segunda (25).

Podem perder as oitavas:
Busquets (Espanha)
Bruno Fernandes e Adrien Silva (Portugal)
Shojaei, Ansarifard, Jahanbakhsh, Ebrahimi e Amiri (Irã)

Grupo C

A Austrália (um ponto) ainda tem chances de ir às oitavas, mas não depende apenas de si. Precisa vencer o eliminado Peru e torcer para a Dinamarca (quatro pontos) perder da França (seis), de forma que o segundo lugar seria definido nos critérios de desempate. Do ponto de vista dos europeus, o confronto vale a liderança da chave. Partidas às 11 horas de terça-feira (26).

Podem perder as oitavas:
Tolisso, Matuidi e Pogba (França)
Delaney e Sisto (Dinamarca)
Behich, Risdon e Leckie (Austrália)

Grupo D

Matthew Childs/Reuters
Imagem: Matthew Childs/Reuters
A Croácia (seis pontos) é a única classificada em uma chave em que as outras três seleções ainda têm condições de avançar. Modric, Mandzukic e cia. tentam garantir a liderança da chave contra a Islândia (um ponto), que depende de uma combinação de resultados para sobreviver à fase de grupos. No outro jogo, Nigéria (três) e Argentina (um) duelam em partida da qual só uma – e talvez nenhuma – sairá classificada. Se argentinos e islandeses vencerem, a segunda vaga do grupo será definida nos critérios de desempate – e talvez pelo viés disciplinar. Tudo se resolve a partir das 15 horas de terça (26).

Podem perder as oitavas:
Vrsaljko, Rakitic, Brozovic, Mandzukic e Rabic (Croácia)
Troost-Ekong e Idowu (Nigéria)
Mercado, Otamendi e Acuña (Argentina)
Islândia: nenhum

Grupo E

Damir Sagolj/Reuters
Imagem: Damir Sagolj/Reuters
Três concorrentes estão vivos, em um cenário muito parecido ao do grupo B. O confronto direto é entre Brasil (quatro pontos) e Sérvia (três), no Estádio Spartak, em Moscou. Um empate basta para a seleção brasileira se classificar, mas só a vitória assegura a primeira posição da chave. Paralelamente, a Suíça (quatro) pega a já eliminada Costa Rica e qualquer vitória lhe serve para estar nas oitavas. Em caso de vitórias suíça e brasileira, a ordem das vagas nas oitavas dependerá do saldo de gols e talvez do número de cartões. As partidas começam às 15 horas de quarta (27).

Podem perder as oitavas:
Casemiro, Coutinho e Neymar (Brasil)
Lichtsteiner, Schar, Behrami e Shaqiri (Suíça)
Ivanovic, Prijovic, Matic, Milivojevic, Milinkovic-Savic, Mitrovic (Sérvia)

Grupo F

Michael Steele/Getty Images
Imagem: Michael Steele/Getty Images
Na chave mais maluca da Copa do Mundo, as quatro seleções ainda têm chances de estar nas oitavas de final. O México lidera com seis pontos, é seguido por Alemanha e Suécia (três cada), e até a Coreia do Sul (nenhum ponto) ainda não pode ser descartada. Os mexicanos garantem vaga e primeiro lugar do grupo com um empate; de outra forma as posições serão definidas nos critérios de desempate. Há até a chance de um empate triplo envolvendo Alemanha, Suécia e Coreia do Sul pela segunda vaga. A rodada final é às 11 horas de quarta (27) e tem Coreia do Sul x Alemanha e México x Suécia.

Podem perder as oitavas:
Moreno e Herrera (México)
Claesson, Ekdal e Larsson (Suécia)
Hummels e Muller (Alemanha)
Kim Younggwon, Lee Yong, Lee Seungwoo e Jung Wooyoung, Kim Shinwook e Hwang Heechan (Coreia)

Grupo G

Clive Brunskill/Getty Images
Imagem: Clive Brunskill/Getty Images
Já classificadas, Inglaterra e Bélgica medem forças na última rodada para definir o primeiro lugar da chave. Ambas têm campanha idênticas: seis pontos e seis gols de saldo, sendo oito marcados e dois sofridos. Se o duelo terminar empatado, a liderança será da seleção mais disciplinada na primeira fase (até aqui foram dois cartões amarelos para a Inglaterra, e três para a Bélgica). O jogo é às 15 horas de quinta (28). No mesmo horário, Tunísia e Panamá se despedem da Copa.

Podem perder as oitavas:
Walker e Loftus-Cheek (Inglaterra)
Vertonghen, Meunier e De Bruyne (Bélgica)

Grupo H

Três seleções ainda brigam por duas vagas, em cenário idêntico ao do grupo B. Senegal (quatro pontos) enfrenta a Colômbia (três) em jogo que vale vaga nas oitavas de final. O Japão (também quatro pontos) pega a eliminada Polônia. Assim como Portugal e Espanha na chave B, senegaleses e japoneses podem definir a liderança nos critérios disciplinares caso empatem seus jogos ou vençam pelo mesmo placar.

Podem perder as oitavas:
Kawashima, Hasebe e Inui (Japão)
Sane, Sabaly, Gueye e Niang (Senegal)
Barrios e James Rodríguez (Colômbia)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo