Topo

Nigéria

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Goleiro nigeriano tem 8 meses de carreira e já parou Argentina em amistoso

Xinhua/Lui Siu Wai
Imagem: Xinhua/Lui Siu Wai

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

2018-06-25T20:09:08

25/06/2018 20h09

Francis Odinaka Uzoho é a maior esperança da Nigéria para o duelo contra a Argentina nesta terça-feira (26), às 15 horas (de Brasília). Inexperiente em seus 19 anos, o goleiro tem a missão de parar Messi e companhia para que a seleção africana se classifique às oitavas de final da Copa do Mundo.

Uzoho tem oito meses de carreira profissional. Foi revelado pelo Deportivo La Coruña na última temporada e jogou duas vezes no Campeonato Espanhol, sendo mais presente nas partidas do time B, na terceira divisão. Ele é considerado bastante promissor pela técnica e pela altura de 1,96m, mas ainda é pouco usado.

“Claro que é importante jogar para desenvolver habilidades e ganhar confiança, mas na Nigéria, quando comecei, eu era só a terceira opção do meu time. No ano seguinte já virei titular”, relembrou em entrevista no ano passado, semanas antes de estrear no La Coruña.

Uzoho trabalhou duro, e a oportunidade chegou. Há pouco tempo, viveu uma experiência inusitada: estreou pela Nigéria 30 dias após debutar como profissional. Seu primeiro jogo pela seleção africana, aliás, foi justamente contra a Argentina.

As seleções jogaram amistoso em novembro de 2017, e Uzoho começou no banco. Ele viu sua equipe sofrer dois gols e diminuir antes do intervalo da partida, quando entrou em campo. Não tomou gols. A Nigéria virou e venceu por 4 a 2 o mistão que tinha Mascherano, Di María e Aguero como grandes nomes – Messi tinha sido liberado e não jogou.

Mesmo pouco testado no La Coruña, o goleiro é titular da Nigéria sempre que está à disposição. Nas oito partidas na seleção, enfrentou Lewandowski e Harry Kane em amistosos e estreou em competições nesta Copa do Mundo. Nesta terça, no primeiro encontro da carreira com Lionel Messi, tem o maior desafio de sua vida.

Se ele não sofrer gols, a Nigéria muito provavelmente se classifica ao mata-mata da Copa do Mundo. As Super Águias têm três pontos, dois acima da adversária Argentina e também da Islândia, que precisa fazer saldo de gols contra a já classificada Croácia para ter chances.

Mais Nigéria