Copa 2018

Quem forçar cartão em Bélgica x Inglaterra pode perder a Copa, diz jornal

Clive Brunskill/Getty Images
Ingleses e belgas na mira da Fifa: quem forçar cartão amarelo pode ser banido da Copa Imagem: Clive Brunskill/Getty Images

Do UOL, em São Paulo (SP)

25/06/2018 15h09

Inglaterra e Bélgica disputam na próxima quinta-feira, a partir das 15h (de Brasília), em Kaliningrado, a liderança do Grupo G da Copa do Mundo. Apesar de a primeira colocação significar superioridade, a segunda vaga pode representar um chaveamento mais interessante na fase final da competição, conforme análise de algumas seleções. Pelo menos para este duelo e ciente destas observações técnicas sobre o torneio, a Fifa adotou uma precaução que pode levar jogadores até a serem banidos do Mundial.

Simule resultados da última rodada e quem vai às oitavas
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

Com o fair play como um dos critérios de desempate, a entidade máxima decidiu que vai punir atletas que forçarem o cartão amarelo, que “favoreceria” a belgas ou ingleses na disputa pelo segundo lugar da chave. A informação foi publicada pelo jornal The Times, da Inglaterra.

Há boa possibilidade de um lado do chaveamento concentrar temidos campeões mundiais como Alemanha, Argentina, Brasil, Uruguai e França, e este seria o destino do campeão do Grupo G da Copa do Mundo. Enquanto equipes com menor tradição no torneio, como a anfitriã Russia e possivelmente o México, atual primeiro colocado do Grupo F, estariam no caminho do vice-líder da chave de ingleses e belgas.

A possível “entrega” para a Inglaterra terminar em segundo lugar no Grupo G – o time se encontra em vantagem contra a Bélgica pelo fator disciplinar – ganhou força com comentários na imprensa inglesa, que projetam um possível duelo de quartas de final contra o vencedor de México x Suíça, que disputa com Brasil e Sérvia as duas vagas da chave E.

A Fifa, que de acordo com o jornal britânico ficará de olho em possíveis cartões forçados, já puniu atletas que obtiveram uma advertência deliberada.

Nas eliminatórias europeias para a Copa, o grego Manolas recebeu um cartão amarelo no penúltimo jogo e desfalcou o time na rodada final, antes da disputa da repescagem que iria definir a ida ou não da Grécia para a Rússia.

O Comitê Disciplinar da Fifa considerou o cartão como um ato deliberado e deu um jogo a mais de suspensão para o defensor, que ficou fora do primeiro jogo do duelo de mata-mata contra a Croácia. Os croatas venceram por 4 a 1 na primeira perna e asseguraram a vaga no Mundial depois de um empate sem gols.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo