Argentina

Sampaoli fala em mudanças e quer time jogando para Messi contra a Nigéria

Albert Gea/Reuters
Sampaoli comanda treino da Argentina com Lionel Messi ao fundo Imagem: Albert Gea/Reuters

Marcel Rizzo

Do UOL, em Bronnitsy (Rússia)

25/06/2018 14h39

Jorge Sampaoli deve promover novas mudanças no time que enfrenta a Nigéria na próxima terça-feira (26) pela última rodada do Grupo D da Copa do Mundo da Rússia. 

Simule resultados da última rodada e quem vai às oitavas
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (25), o técnico falou sobre o desempenho de Lionel Messi na derrota para a Croácia por 3 a 0 e diz que deve mexer no esquema da equipe para favorecer o camisa 10. "A partida contra a Croácia foi complicada para Leo (Messi). A estrutura da partida não o favoreceu. Se ele tocou menos na bola do que o normal, é porque a Argentina não teve tantas possibilidades de gol. Esperamos que amanhã ele receba mais a bola", disse.

As mudanças não devem ficar apenas no esquema tático. O treinador afirmou que haverá modificações, mas não confirmou o time. "Quando não se consegue o que se quer, você tenta aprofundar algumas nuances. Esperamos que as mudanças deem certo para que a Argentina tenha uma fortaleza para poder se classificar. Não quero confirmar a equipe porque ainda não comuniquei aos jogadores", explicou.

Os diálogos entre comissão técnica e elenco atingiram um ponto alto na última sexta-feira. Um dia após a partida contra a Croácia, técnico e jogadores se reuniram, segundo noticiou a imprensa argentina, para resolverem problemas internos. O volante Javier Mascherano negou tais problemas, mas admitiu que os jogadores opinaram sobre possíveis mudanças para que o time possa melhorar na sequência do Mundial.

O encontro com os jogadores parece ter pressionado o treinador a fazer mais mudanças na equipe. Escolhido para ir à coletiva com Sampaoli, Franco Armani deve ser o goleiro titular da partida contra a Nigéria no lugar de Caballero. O jogador se disse preparado para jogar e destacou sua habilidade com os pés. "Sinto que sou um goleiro capacitado, este processo para chegar na seleção foi de trabalho. Goleiro tem de ter um pouco de cada coisa e, hoje em dia, tem de saber jogar com os pés. Me sinto capaz de jogar com os pés", falou.

Sampaoli disse conversar muito com os atletas, mas se recusou a revelar o conteúdo da reunião. "Dialogo muito com o elenco e com os jogadores individualmente para atraí-los ao projeto. Uma reunião privada, é privada. O que falo com os meus jogadores é com eles, não levaria a público nunca", falou.

Além de Armani, Ángel Di Maria, Marcos Rojo e Gonzalo Higuaín, no lugar de Agüero, devem ganhar lugares entre os onze titulares. A provável equipe que Jorge Sampaoli deve levar a campo é: Armani, Salvio, Rojo, Otamendi e Tagliafico; Mascherano, Banega, Enzo Pérez e Di Maria; Messi e Higuaín.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Argentina

Topo