Brasil

Tite fecha treino da seleção e testa opções com R. Augusto e Fernandinho

Dassler Marques, Danilo Lavieri, João Henrique Marques, Pedro Ivo Almeida e Ricardo Perrone

Do UOL, em Moscou e Sochi (Rússia)

25/06/2018 10h32

O treino fechado da seleção brasileira nesta segunda-feira (25), em Sochi, contou novamente com uma operação da polícia russa para evitar espiões na atividade. As autoridades bloquearam acessos próximos ao local, impedindo que o trabalho de Tite fosse acompanhado por pessoas de fora da seleção. Com a bola rolando, alguns indícios importantes: Renato Augusto e Fernandinho foram testados em alguns momentos em dinâmicas ofensivas junto com os demais titulares. 

Simule resultados da última rodada e quem vai às oitavas
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

O UOL Esporte apurou que, em parte do treino, Tite testou alternativas para o setor ofensivo da equipe. Recuperado de inflamação no joelho, o meia Renato Augusto participou de uma movimentação de ataque ao lado de Paulinho, Philippe Coutinho, Neymar, Willian e Gabriel Jesus, titulares nas duas primeiras partidas do Brasil na Copa do Mundo.

Assim, nessa parte do treino, Renato Augusto não substituiu nenhum dos jogadores mais ofensivos da seleção, mas, sim, fez companhia a eles. Ainda de acordo com a apuração da reportagem, o treinador não pretende fazer maiores mudanças para o início do jogo contra a Sérvia, nesta quarta-feira, mas é nítida a preocupação em testar opções para o decorrer do duelo decisivo.

Em outra parte da atividade, em imagem divulgada pela CBF TV, também é possível ver Fernandinho junto a Neymar e Philippe Coutinho na equipe que treinou de colete laranja - Tite dividiu o grupo em três times nesta terça (25). Neste momento, Gabriel Jesus treinava entre os reservas, dando uma ideia de que Neymar possa atuar mais adiantado.

Como aconteceu antes dos jogos contra Suíça e Costa Rica, a atividade desta segunda foi fechada para a imprensa. Familiares dos jogadores, no entanto, tiveram acesso ao campo.

A movimentação foi a última da seleção em Sochi antes da partida contra a Sérvia, marcada para as 15h (de Brasília) desta quarta-feira, em Moscou. Depois do treino, os comandados de Tite viajam para a capital russa, onde na terça fazem um treino de reconhecimento no palco do jogo que define o futuro da equipe na Copa.

Já a medida de segurança adotada pela polícia russa nesta tarde (no horário local) faz parte do protocolo da Fifa em ocasiões desse tipo. E diante do caráter decisivo do próximo jogo, a seleção fez questão de manter esse cuidado.

Nos outros treinos fechados da seleção em Sochi, os bloqueios também foram montados, permitindo apenas o trânsito dos carros que iam do centro de Sochi em direção ao resort da seleção. Demais carros e pedestres foram impossibilitados de transitar pela estrada que dá acesso ao campo de treinamento.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Brasil

Topo