Bélgica

De Bruyne admite não estar "muito concentrado" em jogo contra Inglaterra

Kai Pfaffenbach/Reuters
Imagem: Kai Pfaffenbach/Reuters

Do UOL, em São Paulo

26/06/2018 05h55

Com a Bélgica já classificada para as oitavas de final, o meio-campista Kevin De Bruyne admitiu que a concentração para o duelo contra a Inglaterra, na próxima quinta-feira, está um nível abaixo do que seria caso a partida valesse uma vaga na próxima fase da Copa do Mundo da Rússia.

Simule resultados da última rodada e quem vai às oitavas
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

O jogo que fecha o Grupo G às 15h (de Brasília) de quinta também definirá o chaveamento final do Mundial até a final, já que ingleses e belgas ainda brigam pelo primeiro lugar. Mas De Bruyne, aparentemente, já está com a cabeça nas oitavas de final.

"Obviamente, eles têm uma boa equipe. Mas, para ser honesto, não estou muito concentrado neles. Nós já estamos qualificados e isso muda totalmente a complexidade, eu acho”, disse o meio-campista em entrevista ao canal "Sky Sports".

A partida entre as duas seleções tem sido tratada com preocupação pela Fifa, que segundo o jornal “The Times” cogita até banir jogadores que forçarem cartão amarelo. O motivo: ingleses e belgas entram em campo já classificados e exatamente com a mesma pontuação, saldo e gols a favor. Assim, em caso de empate na partida, a primeira colocação será definida pelo critério de fair play, que leva em conta os cartões recebidos – até agora a Inglaterra leva vantagem por ter um amarelo a menos.

O problema é que existe a possibilidade de um lado do chaveamento concentrar temidos campeões mundiais como Alemanha, Argentina, Brasil e França, e este seria o destino do campeão do Grupo G da Copa do Mundo. Se isso ocorrer, equipes com menor tradição no torneio estariam no caminho do vice-líder da chave.

Fora isso, existe a forte de possibilidade de jogadores de lado a lados serem poupados do duelo. O técnico da Bélgica, Roberto Martínez, cogita até a possibilidade de poupar todos os titulares.

Independentemente deste jogo contra a Inglaterra, De Bruyne acredita que a Bélgica pode ir longe na Copa por apresentar maior experiência em relação ao Mundial do Brasil, quando perdeu nas quartas de final.

"O Brasil (Copa do Mundo de 2014) foi totalmente novo. O Campeonato Europeu também foi algo diferente. Os jogadores já têm experiência e sabem que você não precisa ser ótimo no começo. É tudo sobre crescer como um time e você precisa de um pouco de sorte. As circunstâncias precisam estar certas. É só olhar para o próximo jogo, ficar calmo e ver o que vai acontecer”, disse.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Bélgica

Topo