Topo

Seleção Brasileira


Tite confirma manutenção do quarteto ofensivo para jogo decisivo

Danilo Lavieri, Dassler Marques e João Henrique Marques

Do UOL, em Moscou (Rússia)

26/06/2018 11h13

A seleção brasileira vai repetir a escalação que venceu a Costa Rica por 2 a 0. Em entrevista coletiva nesta terça-feira (26), Tite confirmou que não fará alterações para o jogo desta quarta-feira, contra a Sérvia, às 15h (de Brasília), em Moscou.

Simule resultados da última rodada e quem vai às oitavas
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

Com isso, o time será: Alisson; Fagner, Miranda, Thiago Silva e Marcelo; Casemiro; Willian, Paulinho, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus.

O Brasil está na primeira colocação do grupo E, com quatro pontos, e precisa do empate para garantir uma vaga nas oitavas. A igualdade, no entanto, não assegura a liderança.

Depois da partida contra a Costa Rica, um dos atletas cotados para assumir a titularidade foi Douglas Costa. O atacante foi bastante elogiado pela sua performance, mas teve uma lesão aos 39 minutos do 2º tempo e virou desfalque com prazo indefinido para retorno.

Tite comentou o desfalque do jogador da Juventus e admitiu que a carga de trabalhos e a exigência física da seleção podem ter causado a lesão muscular na coxa. 

"Precisamos dos atletas nas melhores condições e foi extremamente importante tê-lo em campo. A engrenagem vai se moldando nessa situação. Acho que a lesão foi uma infelicidade. Ele é jogador de torque, de finalização e precisávamos de estímulos de alta intensidade, e.[eles] foram 25% maiores que Suíça. Buscávamos falando: bota velocidade, bota ritmo... E ele entrou com essa necessidade e talvez tenha influenciado, é circunstância do jogo".

Mais Seleção Brasileira