Topo

Copa 2018


Imprensa belga analisa jogos do mata-mata e avisa: "melhor ser segundo"

AFP PHOTO / Alexander NEMENOV
Imagem: AFP PHOTO / Alexander NEMENOV

Do UOL, em São Paulo

27/06/2018 22h43

Bélgica e Inglaterra fazem confronto direto nesta sexta-feira (28) pela liderança do Grupo G da Copa do Mundo com dois cenários em vista: garantir a primeira posição e enfrentar um chaveamento que conta com quatro campeões mundiais no caminho até a final ou avançar na segunda colocação e ter um trajeto supostamente mais fácil para chegar ao título. No que depender da imprensa belga, não há dúvidas: o melhor é ficar em segundo.

Simule resultados da última rodada e quem vai às oitavas
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

"Uma possível quartas de final contra Suíça ou Suécia: por que para a Bélgica é melhor ser segundo", destacou o canal HLN. Caso avance em primeiro, a Bélgica teria Brasil ou México como possível adversário nas quartas de final.

Já o jornal Het Nieuwsblad analisou que "o caminho para as semifinais (e final) da Copa do Mundo está completamente aberto... se a Bélgica ficar em segundo".

A questão é simples de analisar. O chaveamento para a equipe que classificar em primeiro lugar do grupo contará com Brasil, França, Argentina e Uruguai - quatro campeões mundiais - além de Portugal de Cristiano Ronaldo. Do outro lado, quem avançar em segundo terá apenas a Espanha como seleção campeã mundial no caminho até a decisão.

Vale destacar que Bélgica e Inglaterra já estão garantidas na próxima fase do Mundial. O único ponto a ser definido é qual seleção vai garantir a primeira posição do Grupo G.

Para ficar com a liderança, os belgas precisam vencer os ingleses. Em caso de derrota ou empate, a equipe fica com a segunda posição. Após dois jogos, as duas seleções somam seis pontos, mas a Inglaterra leva vantagem nos critérios de desempate.

Bélgica e Inglaterra entram em campo nesta quinta-feira (28), às 15h (horário de Brasília), no Estádio de Kaliningrado.

Mais Copa 2018