Suécia

Ministra sueca usa camisa com nome de Durmaz, meia que foi alvo de racismo

Reprodução/Twitter
A ministra dos Esportes da Suécia, Annika Strandhäll, vai ao trabalho com a camisa de Jimmy Durmaz, alvo de racismo Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

27/06/2018 11h51

A Suécia enfrenta o México nesta quarta-feira em busca de uma vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia. A ministra dos Esportes, Annika Strandhäll, postou em suas redes sociais uma foto com a camisa de Jimmy Durmaz. Ela usou a camisa por baixo de um paletó branco durante seu trabalho. 

Simule resultados da última rodada e quem vai às oitavas 
Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

“Roupa de hoje”, escreveu a política.

Jimmy Durmaz foi criticado por torcedores e sofreu insultos racistas após fazer a falta que originou o gol da Alemanha na derrota da Suécia por 2 a 1 na segunda rodada.

O jogador fez um pronunciamento após os insultos e contou com apoio do elenco da Suécia.

"Eu sou um jogador de futebol de alto nível, posso ser criticado pelo que estou fazendo no jogo, isso faz parte do meu trabalho. Estou sempre preparado para aceitar isso, mas há um limite, e esse limite foi ultrapassado”, disse.

A ministra usou a camisa durante o trabalho nesta quarta-feira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Suécia

Topo