Brasil

Jesus e Paulinho se mexem e Coutinho enxerga o caminho da vitória do Brasil

Antonio Calanni/AP
Paulinho encobre o goleiro Vladimir Stojkovic e faz o primeiro gol do Brasil contra a Sérvia Imagem: Antonio Calanni/AP

Do UOL, em São Paulo

27/06/2018 21h00

O gol que abriu caminho para a vitória brasileira sobre a Sérvia nesta quarta-feira (27), por 2 a 0, e garantiu a equipe de Tite na primeira colocação do grupo E, nasceu de um belo lançamento de Philippe Coutinho para Paulinho. Mas como a jogada foi construída em todos os seus detalhes e o que a postura defensiva do time europeu teve a ver com isso? Confira a seguir.

Reprodução
Imagem: Reprodução

O lance começa com a Sérvia postada defensivamente e o Brasil tentando fazer a saída para o campo ofensivo. Como tem se tornado comum na Copa do Mundo, o meia Philippe Coutinho é o principal responsável por recolher a bola mais atrás e iniciar a construção de jogadas, sempre apoiado pelo lateral esquerdo (normalmente Marcelo, no momento do gol Filipe Luís) e por Neymar.

- Brasil pega o México às 11h de segunda; veja tabela das oitavas
- Marcelo se lesiona e deixa campo chorando no primeiro tempo
- Alemanha foi eliminada sob tensão e com jogadores se xingando

Note como a Sérvia adota uma linha defensiva alta, isto é, bem adiantada, na intermediária do campo. O objetivo disso é retirar o espaço entre as linhas, onde o Brasil pode fazer seu jogo de passes curtos. Mas há um problema básico na imagem: não existe pressão na bola. Milinkovic-Savic, o meia sérvio mais próximo de Coutinho, apenas observa passivamente e dá tempo para o brasileiro pensar.

Reprodução
Imagem: Reprodução

Enquanto isso, na frente, Gabriel Jesus faz um movimento da direita para a esquerda e "arrasta" com ele o zagueiro Veljkovic. O defensor sérvio poderia ter apenas se comunicado com seu parceiro de zaga, Milenkovic, para trocar a marcação de Jesus, mas opta por acompanhar o brasileiro até o final e abre um buraco na linha defensiva, já que o lateral esquerdo Kolarov está preocupado com Willian, bem aberto na direita.

Paulinho, no meio-campo, imediatamente percebe o rombo aberto pela movimentação de Jesus e ataca o espaço, deixando seu marcador para trás. Coutinho espera o tempo certo e, sem ser pressionado, acerta lindo lançamento para o companheiro, exatamente no vão entre Veljkovic e Kolarov. Paulinho chega na bola antes do goleiro Stojkovic e consegue tocar por cobertura, abrindo o placar.

Reprodução
Imagem: Reprodução

O gol mostrou bem um problema que equipes que jogam com a defesa muito adiantada costumam enfrentar: se o meio-campo adversário não é pressionado, a zaga fica muito vulnerável a essas bolas em profundidade, já que o espaço às suas costas é muito grande.

O Brasil já tinha explorado exatamente a mesma jogada em dois lances anteriores em que Gabriel Jesus conseguiu escapar em velocidade por trás da defesa sérvia, mas concluiu mal. Veja uma delas abaixo, minutos antes de sair o gol: Neymar (à direita, com a bola) não é pressionado e tem liberdade para lançar Jesus. O time europeu não corrigiu esse defeito e acabou tomando o gol.

Reprodução
Imagem: Reprodução

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Brasil

Topo