Topo

Alemanha

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Federação Alemã pede desculpas à torcida: "Não jogamos como campeões"

Getty Images
Alemanha defendia o título de 2014, mas deu vexame na Rússia Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

2018-06-28T03:51:00

28/06/2018 03h51

A Federação Alemã de Futebol (DFB, na sigla no idioma local) usou as redes sociais nesta quinta-feira (28) para pedir desculpas aos torcedores. No dia anterior, a seleção do país foi batida por 2 a 0 pela Coreia do Sul e se despediu da Copa do Mundo logo na primeira fase.

Assista aos gols de Coreia do Sul 2 x 0 Alemanha
Diretor da Alemanha cita "enorme decepção", mas assegura Löw como técnico
'Catástrofe', 'maldição' e 'nocaute': imprensa repercute eliminação alemã
Hummels desabafa após eliminação da Alemanha: "Noite muito amarga"

"Caros fãs! Estamos tão desapontados quanto vocês! Uma Copa do Mundo é só a cada quatro anos e planejamos muito. Lamentamos que não tenhamos jogado como campeões mundiais. Portanto, as derrotas são merecidas, por mais amargas que sejam", disse a entidade.

"O apoio de vocês foi ótimo, tanto da Alemanha quanto nos estádios. No Rio em 2014 comemoramos juntos. Mas o esporte também inclui derrota e o reconhecimento de quando os adversários são melhores", completou, relembrando a vitória na final contra a Argentina no Maracanã há quatro anos.

A Alemanha amargou a lanterna do Grupo F do Mundial da Rússia, com três pontos, sendo superada por Suécia e México, que somaram seis e se classificaram, e pela Coreia do Sul, que também ficou com três, mas terminou com saldo melhor.

"Felicitamos o México e a Suécia pela classificação e a Coreia do Sul pela vitória de ontem (quarta-feira). Agradecemos à Rússia pela hospitalidade", conclui a nota da Federação Alemã.  

Mais Alemanha