Argentina

Maradona brinca, diz estar "muito vivo" e elogia Messi: esfregou a lâmpada

Sergio Perez/Reuters
Diego Maradona teve que ser atendido após jogo da Argentina Imagem: Sergio Perez/Reuters

Do UOL, em São Paulo

28/06/2018 05h39

De volta aos comentários no "De la Mano del Diez", da emissora venezuelana “Telesur”, o ex-jogador Diego Maradona mais uma vez rebateu informações de que está com a saúde debilitada e, pela primeira vez, falou sobre as impressões da vitória argentina por 2 a 1 sobre a Nigéria, na última terça-feira (26), que garantiu o país nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia.

- Assista aos gols de Nigéria 1 x 2 Argentina
- Simule resultados da última rodada e quem vai às oitavas

Presente no camarote do estádio em São Petersburgo, Maradona foi filmado passando mal durante o jogo, o que gerou uma série de boatos sobre o seu estado de saúde. Sem entrar em detalhes do que aconteceu, ele brincou com a situação e disse que está “muito vivo” para continuar apoiando a sua seleção no Mundial.

“Eu digo ao mundo inteiro que estou muito vivo e muito bem cuidado, muito bem cuidado. Nas redes uma mentira sem sentido se espalha", disse Maradona, que depois do jogo já havia escrito uma mensagem em seu Instagram dizendo que não foi hospitalizado e apenas sentiu dores na nuca.

Sobre o jogo, Maradona ainda não tinha compartilhado suas opiniões. Para ele, Lionel Messi, autor do primeiro gol, foi decisivo, tanto que indiretamente o chamou de gênio por ter "esfregado a lâmpada".

“A Argentina venceu bem, mas classificou mal. A Islândia (primeiro jogo) era vencível. Com a Croácia não merecíamos ter um teste decisivo como se vê agora, não soubemos alcançar o resultado. Felizmente, contra a Nigéria o garoto (Lionel Messi) esfregou a lâmpada e nos deu os três pontos" disse Maradona.

"Gostei. O mérito maior para a equipe foi que a Nigéria não saiu com lançamentos longos. Apertamos e eles não sabem como jogar em espaços reduzidos. É por isso que a Argentina venceu o jogo e ganhou com um gol de Leo, que estávamos pedindo”, completou.

Maradona ainda viu semelhança do gol de Messi com um dos que marcou na carreira. "Domina com a esquerda e define com a direita. Lembrou-me um gol que eu fiz em Milão (pelo Napoli), muito parecido", disse.

Por último, ele disse que o técnico Jorge Sampaoli não deve inventar para a Argentina ir longe na Copa. O próximo desafio é contra a França, às 11h (de Brasília) de sábado, e Maradona não vê problemas em Messi e Mascherano terem ajudado na escalação do time contra os nigerianos.

"Ele mudou o jeito de jogar, ele jogou no 4-4-2, assim tem que jogar. Não vamos inventar água quente. Se nos acostumarmos a isso, podemos ir longe”, disse.

"Há um líder, quem é o treinador, há outro líder, que é Leo Messi, e se eles tiverem que perguntar algo a Mascherano, Masch dirá bem porque ele tem muitos jogos na seleção nacional", completou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Argentina

Topo