Brasil

Sei que posso melhorar, diz Willian antes de jogo contra México nas oitavas

Xinhua/Cao Can
Camisa 19 passou em branco nos três primeiros jogos do Brasil pela Copa do Mundo de 2018 Imagem: Xinhua/Cao Can

Do UOL, em São Paulo

28/06/2018 21h27

O atacante Willian vem sendo titular da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2018, na Rússia. E, apesar da confiança do técnico Tite, passou em branco na fase de grupos. Na vitória diante da Costa Rica por 2 a 0, pela segunda rodada, chegou a ser substituído no início do segundo tempo.

- Veja a tabela completa, as datas e as chaves das oitavas de final
- Simule os resultados e veja como ficam as quartas de final
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil

Por isso, em entrevista exibida nesta quinta-feira pelo canal de TV por assinatura FOX Sports Brasil, o atacante prometeu dar uma resposta dentro de campo às exigências a respeito de seu rendimento.

“Quando a gente se acomoda é perigoso. A gente tem que procurar sempre evoluir. Esse é meu pensamento. Sei que posso melhorar. As críticas sempre vão existir. Eu respeito a opinião de cada um. A resposta, a gente tem que dar dentro de campo”, disse o atacante do Chelsea, que não vê o Brasil dando preferência aos ataques pelo lado esquerdo do campo – justamente o lado oposto ao qual ele mesmo atua.

“Às vezes são circunstâncias do momento, do jogo. Às vezes o adversário é frágil daquele lado e a gente procura atacar por ali. Nosso trabalho é procurar girar a bola de um lado para o outro e procurar atacar. A gente tem a orientação do Tite. Às vezes o time joga mais de um lado por opção, por estar mais fácil por um lado”, analisou.

Líder do Grupo E, o Brasil joga nas oitavas de final contra o México, vice-líder do Grupo F – a partida acontece na segunda-feira (2), em Samara. Para Willian, o Brasil mostrou evolução na vitória por 2 a 0 diante da Sérvia, em uma Copa do Mundo que tem oferecido dificuldades aos atacantes.

“Você vê, esta Copa está realmente diferente das outras. Os times bem fechados, não atacando muito. Acho que a seleção está em uma crescente muito boa desde o primeiro jogo para cá. Espero que o próximo jogo possa ser melhor ainda”, disse o camisa 19, que espera “mais um jogo difícil” diante dos mexicanos do técnico Juan Carlos Osorio.

“O México tem muitos jogadores de qualidade, é uma seleção bem treinada. Temos que nos preparar bem para este jogo. Copa do Mundo não tem jogo fácil”, acrescentou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Brasil

Topo