Copa 2018

Colômbia supera lesão de James, elimina Senegal com gol de Mina e avança

Do UOL, em São Paulo

28/06/2018 12h53

Parecia que não ia dar para a Colômbia. Mas mesmo sem seu principal jogador, James Rodríguez, que saiu lesionado ainda no primeiro tempo, a seleção sul-americana contou com mais um gol de cabeça do zagueiro Yerry Mina para vencer Senegal por 1 a 0 nesta quinta-feira (28), em Samara, e garantir a classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo. Os africanos foram eliminados.

- Assista ao gol de Senegal 0 x 1 Colômbia

Com seis pontos, a Colômbia terminou na primeira colocação do grupo H. Já Senegal, com quatro pontos, terminou com campanha idêntica à do Japão, mas levou a pior no último critério de desempate: o fair play. Os asiáticos receberam dois cartões amarelos a menos e, por isso, ficaram com a segunda colocação. A lanterna da chave foi a Polônia, com três pontos.

Nas oitavas, Colômbia e Japão enfrentarão Bélgica ou Inglaterra, as duas equipes já garantidas no grupo G, que se enfrentam às 15h (de Brasília) para decidir a ordem de classificação. Quem ficar em primeiro encara os japoneses, enquanto o segundo pega os colombianos.

O melhor: Davinson Sánchez

Michael Steele/Getty Images
Imagem: Michael Steele/Getty Images

Mina foi o herói da classificação, mas a grande atuação de Davinson Sánchez, seu parceiro de zaga, também garantiu que a Colômbia sobrevivesse. O jogador do Tottenham deu um carrinho espetacular para impedir uma finalização cara a cara de Mané no primeiro tempo e foi "salvo" pelo VAR. Davinson ganhou praticamente todas as disputas com os atacantes senegaleses e ainda foi bem nas coberturas.

O pior: Cuadrado

Getty Images
Imagem: Getty Images

Depois de grande atuação na vitória por 3 a 0 sobre a Polônia, o arisco ponta direita da Colômbia foi bastante apagado. Errou quase todas as jogadas individuais que tentou e parou na forte marcação senegalesa. Sem James em campo, precisou chamar mais a responsabilidade de liderar as ações ofensivas do time, mas não estava em dia inspirado.

Senegal controla o jogo e trava ataques da Colômbia

Getty Images
Imagem: Getty Images

Precisando de um empate para avançar, Senegal teve grande atuação no primeiro tempo. Com uma marcação agressiva no meio-campo, não deixou os colombianos acionarem seus principais jogadores de frente, controlou os espaços e foi a equipe mais perigosa na frente, com subidas rápidas e boas trocas de passes. A única oportunidade da Colômbia foi uma falta batida por Quintero e bem defendida pelo goleiro N'Diaye.

Árbitro marca pênalti em Mané, mas volta atrás com VAR

Getty Images
Imagem: Getty Images

O árbitro sérvio Milorad Mazic anotou um pênalti de Davinson Sánchez em cima de Mané, apôs o astro senegalês receber de frente para o gol e ser desarmado com um carrinho por trás do colombiano. Após protestos dos sul-americanos, o juiz reviu o lance com o auxílio do vídeo e voltou atrás em sua decisão, interpretando que o carrinho de Sánchez havia tocado apenas a bola. Mané não gostou, mas também não reclamou.

James sente lesão e deixa o campo inconformado

Reuters
Imagem: Reuters

Aos 30 minutos, o craque colombiano James Rodríguez ficou sentado no gramado e não conseguiu continuar na partida, sendo substituído pelo atacante Muriel. O camisa 10 ficou inconformado, deu um soco no chão e deixou o gramado de cabeça baixa, sem cumprimentar o técnico José Pekerman. James já havia entrado apenas no segundo tempo do primeiro jogo da Colômbia, diante do Japão, por estar se recuperando de uma lesão na panturrilha.

Colômbia pressiona e faz o gol com Mina

Michael Steele/Getty Images
Imagem: Michael Steele/Getty Images

Mesmo sem James em campo, a Colômbia se lançou à frente no segundo tempo em busca da vitória, que naquele momento era necessária para a classificação. A pressão ao redor da área senegalesa aumentou, mas o time ainda não conseguia criar chances claras. Até que veio a solução na bola parada: em cobrança de escanteio, Mina pulou mais alto que todo mundo e cabeceou para as redes. Foi o segundo gol do ex-zagueiro do Palmeiras na Copa, já que ele também havia marcado contra a Polônia.

FICHA TÉCNICA

Senegal 0 x 1 Colômbia

Local: Samara Arena, em Samara (Rússia)
Data: 28/06/2018
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Milorad Mazic (Sérvia)
Assistentes: Milovan Ristic e Dalibor Djurdjevic (Sérvia)

Gol: Mina, aos 28 minutos do 2º tempo
Cartões amarelos: Niang (Senegal) e Mojica (Colômbia)

Senegal: Khadim N'Diaye; Gassama, Sané, Koulibaly e Sabaly (Wagué); Sarr, Kouyaté, Gueye e Keita Baldé (Konaté); Mané e Niang (Sakho). Técnico: Aliou Cissé

Colômbia: Ospina; Arias, Mina, Davinson Sánchez e Mojica; Carlos Sánchez e Uribe (Lerma); Cuadrado, Quintero e James Rodríguez (Muriel); Falcao (Borja). Técnico: José Pekerman

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo