Topo

Suécia

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Vai ter "embala nenê"? Capitão sueco deve virar pai em dia de jogo decisivo

Clive Brunskill/Getty Images
Andreas Granqvist comemora gol da Suécia contra a Coreia do Sul Imagem: Clive Brunskill/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

2018-06-28T11:31:06

28/06/2018 11h31

Uma das cenas mais icônicas da Copa do Mundo de 1994 pode se repetir durante o Mundial da Rússia. Assim como aconteceu com o brasileiro Bebeto há 24 anos, o capitão da Suécia, Andreas Granqvist, também tem a expectativa de virar pai durante a fase de mata-mata. 

Suécia vai jogar perto de casa e espera peregrinação à Rússia
Jogo do México iguala Super Bowl e bate recorde de audiência online nos EUA
Sem euforia, imprensa suíça celebra vaga: "primeiro objetivo alcançado"

Se tudo sair como planejado, o segundo bebê da família Granqvist deve vir ao mundo na próxima terça-feira, exatamente no dia do confronto entre Suécia e Suíça pelas oitavas de final. O jogo vai ocorrer em São Petersburgo, enquanto que o parto deve acontecer em Helsingborg, na Suécia.

Questionado pela imprensa sueca depois da vitória por 3 a 0 sobre o México, o capitão da equipe disse que não pretende voltar para casa para acompanhar o parto. "Minha esposa é muito forte e tem muitas pessoas por perto. Será muito difícil voltar para casa quando se trata de um jogo de oitavas de final", argumentou, citando que a tecnologia pode ajudá-lo a acompanhar o parto em vídeo.

Além de Sofie, esposa de Granqvist, outras quatro companheiras de jogadores da seleção sueca estão grávidas durante a Copa do Mundo. 

Na semana passada, os jogadores da seleção dinamarquesa fizeram uma vaquinha para que o lateral-esquerdo Jonas Knudsen pudesse viajar de volta ao país natal para conhecer a filha recém-nascida após a vitória por 1 a 0 sobre o Peru, no sábado passado. Knudsen recebeu permissão para se ausentar do treino de domingo e deve ser reintegrado ao grupo na Rússia no dia seguinte.

Mais Suécia