Colômbia

Isolada na tabela, Colômbia terá "Eurocopa" até final da Copa do Mundo

Aurelien Meunier/Getty Images
Imagem: Aurelien Meunier/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

29/06/2018 04h00

A Colômbia garantiu vaga na próxima fase da Copa do Mundo após vencer Senegal na última quinta-feira (28) e já sabe que terá um caminho difícil no sonho de chegar à final da competição. Isolada na tabela, a seleção colombiana aparece como “intrusa” do seu lado do chaveamento e terá uma “Eurocopa” no trajeto até a decisão.

- Veja a tabela completa, as datas e as chaves das oitavas de final
- Simule os resultados e veja como ficam as quartas de final
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil

Explica-se: das oitos seleções que compõem um dos lados das chaves de oitavas de final, sete são europeias – a exceção é justamente a Colômbia. A equipe sul-americana integra o chaveamento junto de Espanha, Rússia, Croácia, Dinamarca, Suécia, Suíça e Inglaterra. Esta última, será o adversário dos colombianos em busca de uma vaga nas quartas de final.

Vale ressaltar que a Europa sempre foi o continente com mais representantes na fase final desde que a Copa do Mundo adotou o formato com 32 seleções. Nas seis edições realizadas neste formato, os europeus contaram com pelo menos metade dos finalistas em cinco delas – 1998 (10), 2002 (9), 2006 (10), 2010 (8) e 2018 (10). Na Copa de 2014, a Europa teve o seu menor número de equipes nas oitavas de final (7), mas ainda assim foram maioria no mata-mata.

O cenário serve de alerta para os colombianos. Isso porque o retrospecto da seleção diante de adversários da Europa em Copas não é positivo. Em dez jogos contra europeus, a Colômbia venceu apenas três – Suíça em 1994, Grécia em 2014 e Polônia na atual edição. Nas outras partidas, foram dois empates e cinco derrotas.

A "boa notícia" para a Colômbia é que o seu lado do chaveamento conta com apenas duas seleções campeãs mundiais - Espanha e Inglaterra. Do outro lado, há o dobro de equipes que já venceram a Copa.

Reuters
Imagem: Reuters
O primeiro europeu no caminho da Colômbia na fase eliminatória será a Inglaterra, que ficou com a segunda colocação do Grupo G após derrota para a Bélgica. Para esse confronto, o técnico José Pekérman conta uma preocupação extra: a situação de James Rodríguez. O meia deixou o campo ainda no primeiro tempo da partida contra Senegal após sentir lesão muscular. Ele já vinha sofrendo com o problema desde a preparação da equipe para a competição.

"Estou muito preocupado. É uma situação difícil para a equipe, não é uma situação cômoda", admitiu Pékerman após a partida contra Senegal. "Esperamos que as notícias sejam boas depois da avaliação", completou.

Colômbia e Inglaterra entram em campo na próxima terça-feira (3), às 15h (horário de Brasília), em Moscou. O vencedor do confronto enfrentará Suécia ou Suíça na fase seguinte.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Colômbia

Topo