Topo

Dinamarca

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

"Tudo está meio m... agora", diz Schmeichel após eliminação da Dinamarca

Patrick Smith/FIFA via Getty Images
Kasper Schmeichel recebe prêmio de melhor do jogo Imagem: Patrick Smith/FIFA via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

2018-07-01T18:36:37

01/07/2018 18h36

Nem mesmo o pênalti de Modric defendido na prorrogação por Kasper Schmeichel e outros dois nas cobranças fizeram a Dinamarca passar pela Croácia nas oitavas de final da Copa do Mundo. Chateado pela derrota de sua seleção por 3 a 2 nos pênaltis após o empate por 1 a 1, o goleiro escandinavo não tinha palavras para explicar a queda de sua seleção.

Assista aos gols de Croácia 1 (3) x (2) 1 Dinamarca

- Veja a tabela completa, as datas e as chaves das oitavas de final
- Simule os resultados e veja como ficam as quartas de final 
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil

"Vai levar algum tempo antes de seguirmos (em frente). Tudo está meio m... agora. Eu realmente não sei o que dizer, disse Kasper Schmeichel à rádio dinamarquesa DR ainda no gramado da Arena Nizhny Novgorod.

Eleito o melhor jogador da partida deste domingo, o goleiro viu a saída da Dinamarca da Copa do Mundo como uma injustiça, mas destacou o empenho de seus companheiros.

"É uma sensação estranha. Há uma enorme decepção, mas também um grande orgulho em nosso desempenho. Tivemos a oportunidade e acho que fomos a melhor equipe no segundo tempo. É difícil colocar todas as emoções em palavras no momento", explicou ao site da Fifa.

Age Hareide também estava abatido após o fim do jogo. O treinador disse que Christian Eriksen, Lasse Schöne e Nicolai Jorgensen, que tiveram seus pênaltis defendidos por Danijel Subasic, são "os três melhores cobradores" da Dinamarca.

"Eu sinto muito por Kasper e toda a equipe. Mas isso é o que pode acontecer nos pênaltis, e é a brutalidade do futebol. A Croácia é o melhor time da Europa para os contra-ataques. Ter o controle era importante e achei que tínhamos isso no segundo tempo", disse.

Horas depois, nas redes sociais, o goleiro admitiu que a eliminação é "difícil de aceitar", mas agradeceu o apoio dos torcedores. "Obrigado a todos os jogadores, treinadores e funcionários. Foi uma experiência incrível, inesquecível, compartilhada com vocês. Obrigado a todos que nos ajudaram", escreve Schmeichel.

Mais Dinamarca