Topo

Suécia

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Imprensa internacional exalta Suécia e zomba de ausência de Ibrahimovic

Reprodução/Gazzetta dello Sport
Jornal italiano zomba de Ibrahimovic após vitória da Suécia Imagem: Reprodução/Gazzetta dello Sport

Do UOL, em São Paulo

2018-07-03T13:19:13

03/07/2018 13h19

Considerado um dos melhores jogadores do século, Zlatan Ibrahimovic serviu à seleção sueca durante 15 anos, período que acabou sendo de vacas magras para seu país. Sem ele desde 2016, a equipe voltou a mostrar seu poderio. Depois de eliminar Itália, Holanda e Alemanha, os suecos eliminaram a Suíça com vitória por 1 a 0 e avançaram às quartas de final do Mundial.

Copa 2018: assista ao gol de Suécia 1 x 0 Suíça

Na imprensa internacional, o fato de o feito ter sido alcançado sem Ibrahimovic não passou despercebido. "Sem Ibra a Suécia vai... derrubou a Suíça e está nas quartas de final", estampou o site do jornal italiano Gazzetta dello Sport, ironizando quem acreditava que a ausência do astro atrapalhava a seleção sueca.

Não foi assim nem nas Eliminatórias. Sem Ibra, a Suécia ficou em segundo lugar do seu grupo, atrás apenas da França, e deixou a Holanda fora do Mundial. Na repescagem, tirou a Itália. A decisão de manter o craque aposentado da seleção foi mantida para a Copa do Mundo, quando a Suécia teve a melhor campanha da chave, eliminando a Alemanha.

"E agora, o que dirá Ibra?" questionou o Marca, da Espanha, na chamada para o relato do jogo. "Ibrahimovic esteve 15 anos defendendo a camisa da Suécia e jamais levou sua seleção às quartas de final de um Mundial", lembrou o diário.

Seu concorrente, o AS, lembrou que desde 1994 a Suécia não chegava às quartas de final de uma Copa do Mundo. O diário diz que a Suécia "aumentou sua lenda", uma vez que tirou mais uma grande seleção da corrida pelo título e agora está entre as oito primeiras.

Mais Suécia