Topo

Islândia

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Goleiro da Islândia que defendeu pênalti de Messi irá jogar no Azerbaijão

Reprodução/Instagram
O goleiro da Islândia Halldórsson é anunciado como reforço do FK Qarabağm, do Azerbaijão Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

2018-07-04T10:32:47

04/07/2018 10h32

O goleiro islandês Hannes Halldórsson, que ficou conhecido após defender um pênalti do astro Lionel Messi na Copa do Mundo, irá jogar a próxima temporada da Europa por um time do Azerbaijão. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (4) nas redes sociais do jogador e do clube FK Qarabağm.

- Veja a tabela completa, com os confrontos das quartas de final
- Capaz de irritar até Messi, Fernandinho mistura bom passe com provocação
- ”Veja quais foram os mitos que caíram durante a Copa da Rússia

Ele assinou contrato de dois anos de duração com a equipe, atual campeã azeri, depois de passagem pelo futebol da Dinamarca, onde atuava pelo Randers, 13ª colocado dentre 14 na última edição do campeonato local.

Com 34 anos, o arqueiro viveu o momento mais marcante de sua carreira no Mundial da Rússia. Na primeira participação da Islândia na história do torneio, Halldórsson segurou uma cobrança de pênalti de Messi, na estreia, contra a Argentina, na fase de grupos. O jogador foi eleito pela Fifa o melhor da partida, que terminou empatada por 1 a 1.

O futebol, porém, nunca foi a único ramo de atuação profissional do islandês. Ele já foi diretor de cinema e continua trabalhando, esporadicamente, em comerciais de TV. O goleiro só trocou de área quando foi contratado para jogar fora da Islândia, onde as empresas deixaram as portas abertas, caso quisesse Halldórsson quisesse retomar a vida como cineasta.

Enquanto morou no país nórdico, até 2014, ele teve o esporte como segunda profissão, treinando apenas depois do expediente. Isso perdurou mesmo depois de ele fazer em 2012 sua estreia como titular da seleção da Islândia, que tem pouco mais de 300 mil habitantes.

Mais Islândia