França

Youtuber Cocielo pede desculpas por mensagem considerada racista no Twitter

Reprodução
Julio Cocielo, youtuber, pede desculpas por tweet de conteúdo racista Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

05/07/2018 02h28

O youtuber Julio Cocielo divulgou na noite desta quarta-feira um vídeo para se pronunciar a respeito do comentário de conteúdo considerado racista publicado em sua conta no Twitter no último sábado (30). Na ocasião, durante a partida França x Argentina pelas oitavas de final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, Cocielo escreveu na rede social que o atacante Kylian Mbappé “conseguiria fazer uns arrastões top na praia”.

- Veja a tabela completa, as datas e as chaves das quartas de final
- Simule os resultados e veja como ficam as quartas de final
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil

Diante da repercussão, o influenciador apagou a mensagem. Marcas associadas a ele, por sua vez, retiraram o apoio.

Nesta quarta-feira, Cocielo divulgou um vídeo chamado “Ignorância” em seu canal no YouTube. Nele, diz se sentir envergonhado por ter decepcionado sua mãe e agradece a quem o ajudou a entender questões como racismo institucional e racismo velado.

“Eu estou aqui consciente do meu erro. Eu não quero tentar ter razão ou tentar debater pela razão em cima de alguma coisa que realmente eu não tenho razão nenhuma”, explicou. “Eu fiz um ‘comentário’ muito zoado, muito mal explicado, e gerou toda essa confusão que você está vendo agora. Eu tentei me referir à velocidade dele (Mbappé), e o comentário foi tão infeliz e mal explicado que acabou ofendendo algumas pessoas”, acrescentou.

Após o fato, Cocielo afirmou ter tentado entender o que provocou. Então, segundo ele, conversou com pessoas que o ajudaram a compreender o racismo, e como o conteúdo de sua mensagem no Twitter ajudava a perpetuar o preconceito e espalhar o ódio.

“Todo mundo deveria aprender e entender”, afirmou ele, que deixou claro que seu pedido de desculpas não tem relação com o fim do apoio recebido de marcas famosas. “No meu caso, a minha ignorância foi combatida com conhecimento. E quando eu fiz esse tweet, logo em seguida eu deletei ele, porque quem me conhece, quem me assiste, sabe que meu intuito nunca foi ofender ninguém. E quando eu vi que estava ofendendo, eu deletei. ‘Ah, quando pesa no bolso, as pessoas pedem desculpa.’ Mano, eu não nasci em berço de ouro. Eu vim do nada. A coisa mais importante para mim é a minha criação e humildade. Eu aprendi que a humildade não está no que a gente tem, ela está no nosso caráter”, discursou.

Em meio a seu pedido público de perdão, Cocielo mencionou os tweets antigos, ainda da adolescência, que tinham comentários de conotação igualmente racista. E reconheceu ter apagado 50 mil tweets ou mais de sua conta.

“Aquele monte de m... que eu falei é muito distante de quem eu sou hoje e do tanto que minha vida evoluiu de repente. O eu de um dia atrás já não é o eu de agora (...). Hoje, eu leio tudo aquilo que eu postei e me sinto envergonhado. Foram coisas absurdas”, explicou o youtuber. “Eu apaguei porque eu quero recomeçar. Vou olhar para frente, fazer diferente, aprender com o meu erro (...). Isso faz parte de meu processo de aprendizado e crescimento humano”, justificou.

Reforçando suas desculpas, Cocielo se prontifica a aceitar “todas as consequências” da mensagem que publicou. E reforça: “Eu não estou fazendo esse vídeo por marcas. Estou fazendo isso por mim, porque eu me senti mal. Lendo as notícias, eu fiquei com vergonha”, declarou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais França

Topo