Brasil

Camisa 10 do Brasil "está sendo ridicularizada e debochada", diz Casagrande

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

12/07/2018 19h00

Em coluna publicada pela revista GQ nesta quinta-feira (12), Walter Casagrande Jr. questiona a atuação de Neymar com a camisa 10 da seleção brasileira, que segundo o ex-jogador e atual comentarista tem perdido seu significado. As simulações do atacante estariam fazendo o número outrora simbólico ser “ridicularizado e debochado”.

Por que perdemos? Os fatores que contribuíram para a queda da seleção
Perrengues na Rússia: de motorista dorminhoco a hotel de filme de terror
Copa mostra que árbitro de vídeo pode minar agressões e "malandragens"

“O que significa o número 10?”, começa Casagrande, que exalta o modo como Pelé ressignificou a camisa e, a partir de então, como craques do nível de Rivellino, Zico, Rivaldo e Ronaldinho Gaúcho mantiveram-na no mesmo patamar. “Depois de Pelé, todo jogador de qualquer clube ou seleção deseja jogar com a 10. É o número que representa o melhor, o craque do time”, escreve na coluna, antes de fazer referência a Neymar, que é o atual dono do número  e o usou na Copa do Mundo.

“Hoje já não é bem assim. A 10 amarela do Brasil é exibida no mundo todo rolando no chão. Por incrível que pareça, a 10 do Brasil, aquela do Pelé, está sendo ridicularizada e debochada”, lamenta Casagrande, que se diz “indignado e chocado com isso”. Em um recado final, o ex-jogador pede mais respeito com a camisa simbólica.

“Para vestir a 10 do Brasil é preciso ter responsabilidade, humildade, capacidade e, claro, merecê-la. Coisas que pareceram distantes do número nessa Copa”, escreve Casagrande, endurecendo o discurso. “A 10 amarela não pode ficar rolando pelo chão. Torço para que um jogador ainda a coloque de volta no mesmo lugar em que Pelé a deixou. No lugar mais alto do futebol mundial”, encerra.

A crítica a Neymar está longe de ser a primeira por parte de Casagrande. O comentarista da TV Globo já chamou o atacante de “mimado” e o cobrou a assumir o papel de líder na seleção – e não apenas pelo Instagram. Mas também já aconselhou o craque a se concentrar no futebol. O atrito tem dificultado a relação entre a Rede Globo e o estafe do craque, que anda estremecida.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Brasil

Topo