SEL Pós-Jogo

07 de Julho - Quartas de final

  • x

Vitória pra valer

Clive Rose/Getty Images

Com dois gols de cabeça, Inglaterra bate Suécia e volta à semifinal após 28 anos

A Inglaterra está na semifinal da Copa, fato que não ocorria desde 1990, quando perdeu para a Alemanha Ocidental na semi e terminou em quarto lugar. É a terceira vez que os inventores do futebol figuram entre os quatro primeiros em Mundiais (em 1966, foram campeões em casa).

Na Rússia, o English Team sofreu para ganhar da Tunísia na estreia, goleou o fraco time do Panamá, perdeu para a Bélgica e eliminou a Colômbia nos pênaltis, nas oitavas de final. Contra a Suécia, venceu de forma segura, sem sustos. Uma vitória convincente, pra valer!

Neste sábado, a Inglaterra explorou sua força no jogo aéreo, na cidade de Samara. Foram dois gols de cabeça. O primeiro saiu em um lance de escanteio, aos 30 minutos do primeiro tempo. O zagueiro Maguire foi para área, ganhou pelo alto e cabeceou no canto. O segundo gol, aos 14 minutos da etapa final, surgiu de um cruzamento perfeito de Lingard. Sozinho, nas costas da zaga sueca, Dele Alli cabeceou, sem chances de defesa.

Na semifinal, o duelo será com a Croácia. A única vez que os ingleses participaram de uma final ocorreu em 1966, quando ganharam da Alemanha Ocidental e levantaram a taça em Londres.

ler mais

Realmente nós estamos bastante confiantes, desde a segunda fase. Foi um jogo difícil. Diferente do que enfrentamos até agora, tivemos muitas bolas alçadas na área. Temos um jogo muito importante para frente, semifinal, mas nos sentimos muito bem
ler mais

Harry Kane

Harry Kane, artilheiro da Copa

Se a união estiver lá, o que é sempre, nós controlamos nossa habilidade em campo. É por isso que vencemos, trabalhamos duro como equipe. Eu nunca me coloco sob qualquer pressão. Eu apenas abraço o momento, jogo no momento. Eu me sinto forte, nada me incomoda. Eu só quero ser o melhor que puder

Pickford

Pickford, a muralha inglesa

Acho que taticamente a gente seguiu como estávamos trabalhando. Fizemos como estamos acostumados, mas, no geral, não tem o que dizer o que poderia ser diferente. A gente tentou o máximo, demos o nosso melhor. Jogamos com um adversário muito bom e não tivemos o melhor desempenho

Janne Andersson

Janne Andersson, técnico da Suécia

Blogueiros comentam

  • Milton Neves

    A chance de ir à final realmente é gigantesca. Rússia ou Croácia não devem fazer frente aos ingleses

  • PVC

    Seleção inglesa é conduzida pelo técnico improvável, Gareth Southgate, e pelas bolas paradas

  • Mauro Beting

    O projeto inglês muito bem executado é para 2022. E já está dando certo desde a derrota ensaiada pra Bélgica

Foram bem

  • Maguire

    Além de marcar o gol que abriu o placar, fez parte de um trio de defensores seguros, que contribuíram para a Inglaterra não sofrer gol

    Imagem: Divulgação
  • Pickford

    Realizou três grandes defesas no segundo tempo. As intervenções, em três finalizações de dentro da área, foram cruciais para a vitória

    Imagem: Matthias Hangst//Getty Images

Foram mal

  • Forsberg

    Destaque da Suécia nas oitavas, o camisa 10 pouco apareceu no duelo com os ingleses. Além disso, era ele quem marcava Maguire no lance do primeiro gol

    Imagem: Simon Hofmann - FIFA/FIFA via Getty Images
  • Sterling

    Foi o inglês que mais perdeu a bola em campo (seis vezes, segundo o Footstats). Desperdiçou uma chance cara a cara com o goleiro no primeiro tempo

    Imagem: Clive Rose/Getty Images
Clive Rose/Getty Images Clive Rose/Getty Images

Momento chave

Depois de finalizar a gol apenas uma vez no primeiro tempo, a Suécia buscou mais o ataque no segundo e quase empatou aos dois minutos, quando Pickford fez grande defesa. Foi o sinal de que a Inglaterra não poderia fica só na defesa. O jogo aéreo surgiu como arma. Aos 13 minutos, o ala direito Trippier avançou e tocou para trás. Lingard lançou na área. Não foi um cruzamento aleatório, mas uma assistência para Dele Alli. Nas costas da zaga, o camisa 20 cabeceou forte, sem chances de defesa para Olsen. O gol deu tranquilidade aos ingleses.

Curtiu? Compartilhe.

Topo