UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

São Paulo corta gastos e demite funcionários de diferentes áreas

Ricardo Matsukawa/UOL
Mascote do São Paulo na porta do estádio; clube fez corte de gastos e demitiu profissionais do Morumbi Imagem: Ricardo Matsukawa/UOL
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

13/07/2017 19h26

O São Paulo, nas últimas semanas, reduziu seu corpo de funcionários. Foram cortados profissionais de diversas áreas, majoritariamente no Morumbi, e incluindo o departamento de comunicação do clube. A decisão tem motivações econômicas e de otimização do trabalho. Quem também deixou o Tricolor nesses cortes foi Rogério Hamam, contratado no ano passado para ser superintendente de desenvolvimento e governança e que teve papel importante na reforma do estatuto do clube. Hamam também foi responsável por implantar a parceria com o Centro Olímpico no futebol feminino, que rendeu ao São Paulo o título do Campeonato Paulista Sub-17 da modalidade. (por Bruno Grossi)

"Remédio antiviolência", biometria foi barrada pelos clubes 

Não fosse pela postura contrária dos quatro grandes clubes cariocas, Ferj, CBF e Maracanã S.A, a barbárie de São Januário poderia ter sido minimizada. Em maio deste ano, o juiz Guilherme Schilling acatou ação movida pelo Ministério Público, que pedia a adoção da biometria nos estádios do Estado do Rio. 

Mais UOL de Primeira

Topo