UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

Com Neymar perto do PSG, Santos estuda cobrar do Barça dinheiro de amistoso

David Ramos/Getty Images
Imagem: David Ramos/Getty Images
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

03/08/2017 04h00

A possível transferência do atacante Neymar para o PSG, da França, tem causado alvoroço na Vila Belmiro. Além de o Santos tentar receber até R$ 33 milhões como clube formador, a diretoria santista faz outra conta para lucrar ainda mais com o seu ex-camisa 11. O clube paulista calcula que ainda pode receber mais 4,5 milhões de euros (cerca de R$ 16,6 milhões), que será cobrado do Barcelona. Explica-se: o clube catalão ainda deve um amistoso contra o Santos para ser realizado no Brasil, referente a transferência de Neymar para o time azul-grená em 2013. No entanto, existe uma cláusula que a partida só pode ser realizada no período em que o ex-santista estiver vinculado ao Barcelona. 

Caso a negociação de Neymar para o futebol francês se concretize, o jogo não poderá mais ser realizado. Isso porque o acordo entre os clubes prevê que o Barcelona é obrigado a pagar 4,5 milhões de euros (cerca de R$ 16,6 milhões) caso o jogo não aconteça. A cúpula santista só aguarda o término da transferência para cobrar o montante do Barcelona.

A diretoria santista já preferia pela não-realização do amistoso. A equipe alvinegra sempre foi pessimista em vingar os 12 a 0 agregados nos dois últimos encontros (4 a 0 no Mundial de Clubes da Fifa, em 2011, e 8 a 0 em amistoso no Camp Nou, em 2013). (por Samir Carvalho)

Justiça quer documentos da transferência de promessa tricolor

A juíza Mônica de Cassia Thomaz Perez Reis Lobo soltou liminar para validar a ação cautelar de exibição de documentos sobre a transferência do atacante Marquinhos Cipriano do Desportivo Brasil para o São Paulo. O negócio aconteceu em 2015, custou R$ 1 milhão aos tricolores por 70% dos direitos do garoto de 19 anos e fez com que a LP Sports Negócios e Eventos Esportivos acionasse a Justiça.

Mais UOL de Primeira

Topo