UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

Corinthians contratou organizado ligado à morte de boliviano por R$ 120 mil

EFE/Jorge Abrego
Imagem do enterro de Kevin; grafiteiro pago pelo Corinthians foi apontado pela Gaviões como responsável por ter passado a mochila ao autor do disparo Imagem: EFE/Jorge Abrego
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

06/10/2017 04h00

O Corinthians contratou e pagou R$ 120 mil a Cristiano Miranda, o “Magrão”, um dos torcedores organizados que participaram da morte do boliviano Kevin Espada, em 2013. Segundo a Gaviões da Fiel e seu advogado, Ricardo Cabral, foi ele quem passou a mochila contendo o sinalizador ao menor que fez o disparo fatal. Cristiano Miranda recebeu, em 2014, oito depósitos de R$ 15 mil por um grafite feito na Arena Corinthians. Os pagamentos foram efetuados pela Omni, parceira do clube (veja o comprovante aqui). O Alvinegro, em documento obtido pela De Primeira, assume autoria dos pagamentos e da contratação, que foi verbal e sem nenhum contrato formal (leia aqui).

Miranda, na época, se defendeu afirmando que não conhecia o autor do disparo e apenas passou a mochila a pedido deste, sem saber o que tinha dentro. O processo acabou arquivado em agosto de 2013, já que o principal envolvido era menor de idade e não poderia ser extraditado para a Bolívia. "Magrão" não foi um dos 12 corintianos que passaram meses preso em Oruro - ele voltou ao Brasil no mesmo dia do crime. A reportagem tentou contato com o advogado Ricardo Cabral por dois dias consecutivos, mas não teve retorno. A Omni também não retornou os contatos. A gestão da Arena Corinthians, por sua vez, afirmou que não irá comentar o assunto. (Por Pedro Lopes)

São Paulo: Sidão recebe parabéns do ex-técnico

Rogério Ceni não foi o único que deu parabéns para Sidão pela boa atuação contra o Sport, no último domingo. Na última quinta, o goleiro do São Paulo conversou e recebeu os parabéns do treinador Fernando Diniz, que trabalhou com ele no Audax até ano passado.

Mais UOL de Primeira

Topo